MGCAS reintegra quatro mil crianças em situação de união forçada

MGCAS reintegra quatro mil crianças em situação de união forçada

Reduzir os índices de vulnerabilidade, de violência e de casamentos prematuros continua sendo uma prioridade do Ministério do Género, Criança e Acção Social.

No último Conselho Coordenador do Quinquénio, o Ministério do Género, Criança e Accão Social juntou os seus quadros para discutir o desempenho do sector nos últimos cinco anos.

Falando na abertura do encontro, a ministra do Género, Criança e Acção Social fez o balanço do cumprimento do plano quinquenal e disse que neste momento a prioridade é ajudar as famílias vítimas dos ciclones Idai e Kennth.

A redução dos casamentos prematuros constitui também uma prioridade deste ministério, que ainda está à procura de uma estratégia eficaz para combater o fenómeno.

A quarta sessão do Conselho Coordenador do Ministério do Género, Criança e Acção Social decorre sob o lema “Unidos pela Igualdade do Género e Inclusão Social.


 


Contactos

Tef: +258 21 313517/8

Email: opais@soico.co.mz
Local: Rua Timor Leste, 108 Baixa
Maputo- Moçambique