Mini-centrais solares vão iluminar comunidades que não beneficiam da rede pública em Niassa

Mini-centrais solares vão iluminar comunidades que não beneficiam da rede pública em Niassa

As comunidades que vivem em zonas distantes da rede pública de energia vão ser iluminadas a partir de mini-centrais solares. A iniciativa enquadra-se no programa Energia para Todos e já está a ser implementada no distrito do Lago, na província do Niassa.

A empresa Electricidade de Moçambique está a fazer chegar a corrente eléctrica, cumprindo com a sua parte social.

A mini-central solar está localizada no distrito do Lago a cerca de 50 km da capital Lichinga, avaliada em 43 milhões de meticais. A iniciativa é do Governo de Moçambique, implementada pelo Fundo de Energia.

“É uma central solar com capacidade de 40 quilowatts, pela sua capacidade poderá permitir cerca de 140 ligações”, afirmou António Saíde, PCA da Funae.

É a materialização de um sonho que, no entanto, parecia distante demais, numa província em que apenas 21% da população tem acesso a energia eléctrica.

Este projecto não se enquadra nas grandes centrais solares projectadas para algumas zonas do país, como explica o ministro dos Recursos Minerais e Energia.

“Ao nível de Mocuba, estamos a falar de uma central de grande dimensão ligada à rede que é para garantir a estabilidade da zona centro e norte”, disse Max Tonela.


Contactos

Tef: +258 21 313517/8

Email: opais@soico.co.mz
Local: Rua Timor Leste, 108 Baixa
Maputo- Moçambique