Mínimo exigido pela Eni retrai seguradoras moçambicanas 

Mínimo exigido pela Eni retrai seguradoras moçambicanas 

A petrolífera Eni quer contratar serviços de seguros para suas operações de gás na área 4, da bacia do Rovuma, mas os requisitos exigidos podem retrair as seguradoras moçambicanas. A falta de pujança financeira e inexperiência no sector de hidrocarbonetos têm sido a barreira das firmas moçambicanas que querem prestar serviços às multinacionais com activos no país.

Prova disso, é o anúncio público da petrolífera italiana Eni, através Eni Rovuma Basin Mozambique, operadora offshore da área 4, da bacia do Rovuma, que pretende contratar uma empresa de seguros para suas operações, mas que no entanto, poderá ser desperdiçado pelas seguradoras moçambicanas, devido a limitações de ordem financeira e falta de experiência no ramo de hidrocarbonetos.

Só serão elegíveis ao anúncio da Eni, seguradoras com experiência e com um volume de negócio superior a 500 milhões de dólares norte-americanos, uma vez que os requisitos dessa pretensão, em número de 10, retraem as seguradoras moçambicanas. Identificar o valor líquido em dólares retido pela sua empresa (seguradora) nos últimos cinco anos e identificar se os projectos que dizem respeito a petróleo e gás ou outros, bem como indicar também o nome do corretor internacional de cada projecto, figuram do leque dos requisitos da Eni.

Nessa ordem, a STV entrou em contacto com o Instituto de Supervisão de Seguros de Moçambique (ISSM), esta terça-feira, que prometeu reagir oportunamente, sobre os requisitos rigorosos da Eni, para contratação de seguradoras, alegadamente porque conselho directivo estava reunido. Mas adiantou, que as seguradoras moçambicanas não têm muita experiência na área de hidrocarbonetos, muito menos capacidade financeira. 

Ou seja, a capitalização das oportunidades de negócios fornecidas pelas grandes companhias da indústria do gás e petróleo são uma miragem paras as firmas moçambicanas em termos de aproveitamento. 26 de Fevereiro corrente, é a data limite de submissão da manifestação de interesse para prestação de serviços de seguro para a Eni Rovuma Basin Mozambique.

O âmbito da cobertura de seguro exigida para o projecto da Eni, deverá incluir, sem limitações, apólices de seguro de construção contra todos os riscos, seguro de responsabilidade civil, seguro para as despesas extras da operadora e seguro de carga marítima. A contratação desses serviços, visam a perfuração e completamento de 24 poços submarinos, instalação de estruturas submarinas e de gasodutos para a terminal de Gás Natural Liquefeito (LNG) onshore em Afungi, à norte da província de Cabo Delgado.
 


Contactos

Tef: +258 21 313517/8

Email: opais@soico.co.mz
Local: Rua Timor Leste, 108 Baixa
Maputo- Moçambique