Ministério da Educação ainda sem data para abertura de escolas

A ministra da Educação e Desenvolvimento Humano, Carmelita Namashulua, disse esta terça-feira que ainda não há data prevista para o regresso às aulas, na sequência da retoma gradual anunciada no domingo pelo Presidente da República.

Carmelita Namashulua explicou que a instituição que dirige já iniciou a preparação de retoma faseada de aulas, bem como reiterou que o processo obedecerá as três fases anunciadas pelo Chefe de Estado, começando pelas classes com exame e mais tarde as sem exame.
O processo inclui o ensino superior, os subsistemas de formação de professores e de alfabetização de adultos, assim como o ensino técnico profissional.

Falando a jornalistas, no fim de mais uma sessão do Conselho de Ministros, a ministra da Educação e Desenvolvimento Humano sublinhou que o regresso às aulas será feito de forma minuciosa para garantir que os estabelecimentos de ensino tenham condições de higiene, de modo a evitar a contaminação e/ou infecção pelo novo Coronavírus.

Após a abertura, se se constar que algumas escolas não estão em condições de continuar a funcionar serão encerradas, disse a governante.

Carmelita Namashulua apelou aos pais e encarregados de educação a terem calma e evitar pânico em relação à retoma de aulas.

Aliás, a reabertura de escolas dependerá, também, do aval do Ministério da Saúde, que, segundo a ministra da Educação e Desenvolvimento Humano, terá de dar o seu parecer sobre a eficácia das condições sanitárias a serem criadas.

Das mais de 600 escolas secundárias existentes no país, apenas metade têm condições sanitárias para funcionar sem constrangimento neste período do novo Coronavírus, disse a ministra.   


Contactos

Tef: +258 21 313517/8

Email: opais@soico.co.mz
Local: Rua Timor Leste, 108 Baixa
Maputo- Moçambique