Moçambique estreia-se com vitória diante do Quénia (55-39)

Moçambique estreia-se com vitória diante do Quénia (55-39)

Com um duplo-duplo (15 pontos e 10 ressaltos) em 32:58 minutos na quadra, Tamara Seda liderou a selecção nacional de basquetebol sénior feminino a uma vitória, este sábado, diante do Quénia por 55-39 em jogo da primeira jornada do grupo “A”.

Seda foi secundada por Eleutéria “Formiga” Lhavanguane que contabilizou 10 dez pontos e três ressaltos em 17:13 minutos e Leia “Tanucha” Dongue que esteve perto de um duplo com 9 pontos e sete ressaltos nos 22:24 minutos em que esteve na quadra.

Este jogo marcou a estreia de Delma Zita num “Afrobasket”, sendo que a MVP do último campeonato nacional entrou no cinco inicial com Anabela Cossa, Ingvild Mucauro, Tamara Seda e Leia “Tanucha” Dongue.

Mais: Denise Ernesto, base do Costa do Sol que contabilizou 05:17 minutos, e Nilza Chiziane, que fez 17:05 minutos, disputaram igualmente pela primeira vez um campeonato africano de basquetebol pela selecção principal.

Tal como se esperava, Moçambique cumpriu na sua estreia no Afrobasket 2019, prova que arrancou este sábado em Dakar, Senegal. Diante de um Quénia sem expressão na modalidade, a selecção nacional controlou o primeiro quarto com um parcial de 18-11.

No segundo quarto, as quartas classificadas da última edição do Afrobasket evidenciaram mais clarividência ofensiva e venceram por um parcial de 14-9. Ao intervalo, Moçambique vencia por 12 pontos: 32-20.

O terceiro quarto foi fraco em termos de pontuação para as duas equipas, sendo que Moçambique contabilizou 9 contra 8 das quenianas (41-28 no final desta etapa).

Já no quarto, o mais equilibrado do jogo, a equipa de Julian Martinez fez 14 pontos contra 11 das quenianas.

Em termos globais, Moçambique teve neste jogo um registo de 32.14 % nos lançamentos de campo (18/56), fraco aproveitamento nos tiros exteriores com 15.79% (3/19) e 72.73% nos lançamentos livres (16/22), 43 ressaltos (11 ofensivos e 32 defensivos), 12 assistências e 20 perdas de bola.
 Já o Quénia situou-se nos 15/67 lançamentos de campo (22.39%), 9/7 nos tiros exteriores (0%), 9/14 na linha de lances livres (64.29%), 53 ressaltos (22 ofensivos e 31 defensivos), quatro assistências e 16 perdas de bola.

Este domingo, Moçambique fica de fora devido ao número impar de equipas. Já na segunda-feira será dia geral de descanso, sendo que a selecção volta a entrar em cena na terça diante de Cabo Verde.


 


Contactos

Tef: +258 21 313517/8

Email: opais@soico.co.mz
Local: Rua Timor Leste, 108 Baixa
Maputo- Moçambique