Moçambique poderá experimentar uma recessão económica este ano

Moçambique poderá experimentar uma recessão económica este ano

O país poderá experimentar uma recessão económica este ano, devido aos impactos da pandemia da COVID-19. No pior dos cenários, a queda será de 2,5 por cento negativos.

 

A mais recente avaliação do African Markets Revealed aponta para uma contracção geral da actividade económica em Moçambique em 2020. Espera-se o aumento do desemprego, menos renda familiar, baixo investimento e mais empresas falidas.

Publicado pelo Departamento de Estudos Económicos do Standard Bank, o relatório indica que depois de um crescimento de 2,2% em 2019, para 2020 prevê-se uma recessão de 0,9%, no cenário mais optimista e 2,5%, no pior dos cenários, devido aos impactos da pandemia da COVID-19.

“Em todos os cenários, a recuperação a partir de 2021 assenta num crescimento suportado pelo investimento nos projectos de LNG da Bacia do Rovuma. Consideramos que as discussões para um programa do FMI poderão ter algum progresso este ano, o que traz expectativas positivas sobre o tão necessário progresso nos aspectos de boa governação e avanço nas reformas estruturais”, escrevem os economistas.

Com o número relativamente baixo de infecções pela COVID-19 em Moçambique, comparado a alguns países da região e do resto do mundo, os economistas observam que não significa que o impacto económico seja mais ligeiro no país.

“Existe um nível elevado de incerteza sobre qual será a evolução da curva de casos de COVID-19 no país e em que nível de casos diários a curva começará a baixar”.

O Departamento de Estudos Económicos do Standard Bank considera que um crescimento económico mais inclusivo só poderá ser alcançado num ambiente de paz e de grandes investimentos no sector da agricultura para tornar mais produtivo e competitivo este ramo que absorve cerca de 70% da população e representa perto de 20% do Produto Interno Bruto.

 

 

 


Contactos

Tef: +258 21 313517/8

Email: opais@soico.co.mz
Local: Rua Timor Leste, 108 Baixa
Maputo- Moçambique