Morreu a activista social Artemisa Franco

Morreu a activista social Artemisa Franco

Artemisa Franco nasceu em 1967 e perdeu a vida hoje, sexta-feira em Maputo vítima de doença. A activista social moçambicana esteve doente e internada numa das unidades sanitárias da cidade de Maputo durante cerca de um mês.

Artemisa Franco destacou-se na luta pelo bem-estar dos moçambicanos e participou em grandes debates promovidos pela STV, com particular destaque para o Programa Opinião no Feminino, ao lado de Fátima Mimbire e de Ana Rita Sithole. Também participou noutros programas como Pontos de Vista, Linha Aberta e a Tarde é Sua.

Artemisa Franco teve uma infância sofrida uma vez que perdera o pai com apenas 10 anos de idade, casou-se antes dos 18 anos. Tinha três irmãos e a mãe era vendedeira nos mercados de Xipamanine e Central, em 1982 fez o curso de datilografia, trabalhou no Instituto Nacional de Cinema. Em 2014 participou no processo de eleitoral em Cabo Verde na qualidade de observadora eleitoral.

Artemisa Franco perde a vida aos 52 anos de idade e deixa duas filhas.
 


Contactos

Tef: +258 21 313517/8

Email: opais@soico.co.mz
Local: Rua Timor Leste, 108 Baixa
Maputo- Moçambique