Moza Banco reforça capital social em 3.5 biliões de meticais

Moza Banco reforça capital social em 3.5 biliões de meticais

Depois de em Julho o Banco de Moçambique ter anunciado o fim da intervenção ao Moza Banco, com o processo de recapitalização concluído, um evento que se tornou possível através do aumento do capital por entrada de um novo accionista na instituição de crédito, o Moza Banco aprovou, em Novembro, o aumento do seu capital. E, foi ontem, que procedeu à incrementação do montante.

A operação de aumento de capital no montante de 3.5 bilhões de Meticais, aproximadamente 59 milhões de dólares americanos, incrementou o capital social total do Moza Banco para 13.8 bilhões de Meticais, aproximadamente 230 Milhões de dólares americanos. E a maior parte do capital é detido pela Kuhanha.


Segundo João Figueiredo, Presidente do Conselho de Administração do Moza Banco, o aumento de capital visa assegurar a implementação do Plano Estratégico (2017 – 2021), e permitir ao Moza Banco reforçar o seu posicionamento estratégico e comercial, mantendo um compromisso com o desenvolvimento do sistema financeiro nacional em geral.

Com a concretização da operação de aumento de capital social a estrutura accionista do Moza Banco continua a ser dominada pela Kuhanha S.A, tendo aumentado a sua participação de 80 para 84% do capital, a Moçambique Capitais com 7,8%, a NB ÁFRICA, SGPS com 7,5% e, por fim, António Matos com 0% de capital.

Criado em 2008, o Moza Banco previa uma participação maioritária dos accionistas moçambicanos, cuja, na altura, a Moçambique Capitais detinha 51 por cento das acções, e seu parceiro português 49 por cento.


Contactos

Tef: +258 21 313517/8

Email: opais@soico.co.mz
Local: Rua Timor Leste, 108 Baixa
Maputo- Moçambique