“Não há evidências de que TikTok represente risco de segurança para EUA"

“Não há evidências de que TikTok represente risco de segurança para EUA

Não há evidências de que o aplicativo de vídeo curto TikTok represente um risco de segurança nacional para os Estados Unidos, disse um advogado, sábado, um dia depois de o presidente dos EUA, Donald Trump, propor uma proibição do aplicativo popular de propriedade chinesa.

Trump anunciou, sexta-feira, que assinaria uma ordem executiva para encerrar as operações da TikTok nos EUA, citando a chamada preocupação pela segurança dos dados pessoais dos americanos.

Em meio à hostilidade de Trump, a Microsoft, sábado, interrompeu as negociações com a controladora chinesa da TikTok, ByteDance, para comprar suas operações nos EUA.

O anúncio de Trump na sexta-feira causou uma reação na comunidade TikTok nos EUA, com vários fãs a expressar frustração e apoio ao aplicativo nas mídias sociais.

O TikTok, que tem até 100 milhões de usuários nos EUA e centenas de milhões em todo o mundo, foi classificado como "ameaça nacional à segurança" pelo governo dos EUA no mês passado, apesar de armazenar dados do usuário da mesma forma que outros aplicativos de mídia social dos EUA.

Ye Jun, sócio e advogado de patentes do escritório de advocacia Getech, com sede em Chicago, disse que não há evidências de que a TikTok tenha se envolvido em actividades criminosas que ameaçam a segurança nacional dos EUA.

 

 


Contactos

Tef: +258 21 313517/8

Email: opais@soico.co.mz
Local: Rua Timor Leste, 108 Baixa
Maputo- Moçambique