Nelson Santos assume objectivo de conquistar títulos

Nelson Santos assume objectivo de conquistar títulos

Já lá se foram as especulações sobre a contratação de Nelson Santos pelo Ferroviário de Maputo, para a temporada 2018. O português, que trocou os voos do “canário” pela “locomotiva” da capital, falou dos objectivos que vai perseguir na sua nova aventura. Nelson Santos falava numa entrevista concedida à Bola tv, em Lisboa, e reproduzida pelo “jornal Ferroviário”, onde disse que pela grandeza do Ferroviário de Maputo, os objectivos passam por conquistar todas as provas em que o clube está inserido, já a partir do próximo ano.

Ainda assim, o português assume que terá uma época desgastante mas coroada de sucessos. “O Ferroviário é um clube grande, muito representativo no país e habituado a ganhar. Com a contratação do Nélson Santos, o objectivo é continuar a ganhar e conquistar títulos, já a partir do próximo ano. Vamos ter uma época muito difícil porque é um novo treinador com ideias novas. A equipa vai ser montada a partir do zero”, referiu Nelson Santos à Bola tv.

Para o técnico, todo o treinador que abraçar o projecto locomotiva tem a obrigação de ganhar: “qualquer treinador que vai treinar o Ferroviário tem que saber que o objectivo não é ter resultados possíveis, é sim por ganhar e ganhar. Isso é que deve passar na cabeça do treinador, de todas as pessoas que trabalham diariamente no clube e mesmo dos jogadores que representam este emblema, observou o ex–treinador dos “canarinhos” de Maputo, com os quais conquistou uma Taça de Moçambique e terminou na segunda posição do Moçambola Zap, conquistado pela União Desportiva de Songo.

Para a próxima temporada futebolística, Nelson Santos vai trabalhar com vários jogadores novos, uma vez que apenas alguns trabalharam com ele no Costa do sol, casos de Kito, Loló e Guambe. Assim, para além dos que vai encontrar no Ferroviário de Maputo e que representaram o clube este ano 2017, Santos terá outros tantos que foram contratados pela direcção, mas assume que vai apresentar algumas propostas dos jogadores que pretende ter na colectividade. “Teremos um período de adaptação o qual vamos ter novos jogadores vindo de vários clubes. Neste momento estou de férias mas focado em levar dois ou três jogadores que me possam garantir algum sucesso ou alguma competência porque, uma das grandes lacunas que temos no Moçambola é a finalização e tomada de decisão no último terço”, disse o técnico que pretende levar alguns estrangeiros para os verde-e-branco: “estou a analisar alguns jogadores, Cabo Verde é uma opção, mas temos de outras nacionalidades, incluindo portuguesa”, concluiu.

Sabe-se, porém, que as oficinas do Ferroviário de Maputo abrem no dia 08 de Janeiro, mas dois dias antes haverá a apresentação do plantel e dos treinadores. Nelson Santos vai escolher os treinadores-adjuntos com os quais pretende trabalhar, sendo que um deles deverá ser da canteira “locomotiva”.

 


Contactos

Tef: +258 21 313517/8

Email: opais@soico.co.mz
Local: Rua Timor Leste, 108 Baixa
Maputo- Moçambique