“No tempo dos tocadores” em reposição no Franco-Moçambicano

“No tempo dos tocadores” em reposição no Franco-Moçambicano

Pela segunda vez, o espectáculo “No tempo dos tocadores – um tributo à música moçambicana” vai realizar-se no Centro Cultural Franco-Moçambicano, na cidade de Maputo. O evento com TP50 no palco está marcado para sexta-feira, às 20h30, na Sala Grande.
Este espectáculo volta a ser apresentado no Franco-Moçambicano depois de ter sido estreado ano passado.

“No tempo dos tocadores – um tributo à música moçambicana” retrata uma parte da história da música moçambicana, evento que se enquadra em diversas iniciativas que pretendem registar, perpetuar e valorizar a música e músicos nacionais.

Segundo a nota do Franco-Moçambicano, “dado o seu impacto, o TP50 vai apresentá-lo de novo ao público num evento que será gravado para fazer parte de um documentário sobre a história da música nacional que está em curso. Com 45 artistas em palco, o presente espectáculo abrange o período do início do século XX até à independência. Incluindo música, dança, teatro e fotografia.

O nome TOCADORES advém do facto de assim terem sido designados os músicos nesse tempo”. E a nota acrescenta: “TP50 acredita que a música feita pelos maiores tocadores nacionais transporta-nos a todas dimensões do humanismo e serve de alicerce para se compreender o momento que o país vive. Os músicos voltam recriar as canções, os bailarinos recriarão os passos de dança, a fotografia e o cinema contarão a história e montar um fio condutor que o teatro trará ao palco”.

Portanto, durante o concerto TP50 “vai exaltar o papel que as artes sempre assumiram em momentos profundos do país e eternizar as vozes que fazem parte da trilha sonora de um filme cujos protagonistas são todos os moçambicanos. O espectáculo pretende apenas ser uma modesta contribuição à valorização da música nacional e dos homens que a fizeram e promoveram

 


 


Contactos

Tef: +258 21 313517/8

Email: opais@soico.co.mz
Local: Rua Timor Leste, 108 Baixa
Maputo- Moçambique