“Número de infectados por COVID-19 alcançará 10 milhões na próxima semana”, alerta OMS

“Número de infectados por COVID-19 alcançará 10 milhões na próxima semana”, alerta OMS

Mais um alerta da Organização Nacional da Saúde (OMS). Com o aumento de casos do novo Coronavírus, a Organização Nacional da Saúde, alertou esta quarta-feira que o mundo vai atingir 10 milhões de casos de Coronavírus na próxima semana, sem que o continente americano tenha atingido o pico da pandemia.

O representante da organização admite que o pico da pandemia ainda não foi atingido e que é espectável que na próxima semana o número de infecções ultrapasse os 10 milhões.

“Esperamos atingir um total de 10 milhões de casos na próxima semana. No primeiro mês desta pandemia, menos de 10.000 casos foram relatados à OMS. No mês passado, quase 4 milhões foram relatados”, alertou, o diretor-geral da organização, Tedros Adhanom Ghebreyesus, em uma entrevista virtual.

Segundo uma contagem da AFP estabelecida de fontes oficiais, a nova pandemia de Coronavírus causou pelo menos 477.570 mortes em todo o mundo desde que a China notificou o surto da doença em Dezembro. Mais de 9.279.310 casos de infecção foram oficialmente diagnosticados em 196 países e territórios.

O Coronavírus está a espalhar-se de forma galopante na América do Sul. Até agora, regista 76 mil mortes de pessoas infetadas, 70% destas no Brasil.

“A epidemia no continente americano é muito intensa, principalmente na América Central e do Sul. Infelizmente, a pandemia não atingiu seu pico em muitos países do continente americano ”, disse Michael Ryan, diretor de emergências de saúde da OMS.

Apesar dos dados, o presidente do país, Jair Bolsonaro, tem vindo a menosprezar a ameaça do vírus, mas, na última aparição pública, foi visto a usar máscara, algo raro mas de acordo com as ordens que recebeu do executivo federal.

Nos EUA, apesar das restrições, surgiram, no último dia, quase 35 mil novos contágios. O segundo maior número diário alguma vez registado no país. Em Nova Iorque, o governador avisa que, se as pessoas não tomarem as medidas de precaução, a hipótese de quarentena poderá regressar. Ou seja, 14 dias de confinamento obrigatório. Para quem não cumprir, “haverá multas”.

Em Pequim, na China, em pleno novo surto da COVID-19, as pessoas foram proibidas de sair da cidade durante o feriado de três dias do Festival do Barco do Dragão, que começa esta quinta-feira.


Contactos

Tef: +258 21 313517/8

Email: opais@soico.co.mz
Local: Rua Timor Leste, 108 Baixa
Maputo- Moçambique