Nyusi diz que ataques em Cabo Delgado atrasam desenvolvimento do país

Nyusi diz que ataques em Cabo Delgado atrasam desenvolvimento do país

O Presidente da República, Filipe Jacinto Nyusi, visitou, na última sexta-feira, as zonas afectadas pelos ataques de insurgentes em Cabo Delgado, essencialmente no distrito de Mocímboa da Praia e de Palma.

Na sua interacção com a comunidade local, o Chefe do Estado agradeceu a população pela sua afluência, apesar de a visita não ter sido anunciada, informando que estava naquele local para perceber as preocupações essenciais e discutir soluções.

Filipe Nyusi disse ainda que os ataques dos malfeitores visam atrasar o povo moçambicano no seu processo de desenvolvimento.

Nyusi deu a conhecer que os primeiros malfeitores capturados pelas Forças de Defesa e Segurança (FDS), não falavam nenhuma língua moçambicana e nem português, e isso é sinal de que foram recrutados fora do país, com o único propósito de desestabilizar Moçambique para que atrase nos seus planos de desenvolvimento.

Segundo o Chefe do Estado, o fenómeno dos ataques deve ser encarado de uma forma inteligente, e deve haver clareza sobre quem é inimigo para se poder ter sucesso na forma como se combate o fenómeno.

Nyusi apelou ainda a organização e colaboração da população com as FDS para que eles possam actuar efectivamente e ter resultados satisfatórios para a retoma da vida normal nas zonas que sofrem ataques dos malfeitores.

Na ocasião, o Chefe do Estado saudou a informação da reabertura dos serviços públicos, principalmente de escolas, hospitais, e o facto de o Governo estar a dar apoios diversos para a normalização da vida das pessoas afectadas pelos ataques.

 


 

 


Contactos

Tef: +258 21 313517/8

Email: opais@soico.co.mz
Local: Rua Timor Leste, 108 Baixa
Maputo- Moçambique