“O verdadeiro feiticeiro da tua vida”

Já eram seis horas do dia 24 de agosto de 2019, e o Roberto já estava com os pés no chão e com sorrisos espalhados no seu rosto de tanta felicidade e ansiedade para viver e reviver o dia da verdade.

E quando já se encontra no seu quarto apreciando o seu fato de casamento no espelho, o seu tio bateu na porta e entrou para conversar.

— Roberto, tu tens a certeza de que não vais mesmo convidar o teu próprio pai para o teu casamento? Ainda tens tempo de o fazeres.
— Não! Aquele não é meu pai coisíssima nenhuma. É um grande feiticeiro. Não quero feiticeiros no meu casamento. Olha para a cara dele, é mesmo de um bruxo.

— Oh, meu sobrinho! Tu sabias que o teu pai anda triste e muito doente. Tu nunca vais lá visitar! E agora vais casar sem convidá-lo. Porque é tão duro este teu coração?

— Tio sabe muito bem que por culpa deste feiticeiro perdi vários empregos e as minhas relações conjugais nunca deram certo. A minha vida está muito bem longe dele. Deixe-me paz! Por favor!
Ao perceber que o seu sobrinho já estava ficando chateado com aquele assunto, Cardoso abriu a sua pasta e entregou-lhe um envelope.

— Toma! É um presente enviado por Deus. Se não leres esta carta antes do casamento, arrepender-te-ás para o resto da vida.

E quando o tio Cardoso saiu do quarto, Roberto sentou-se na cama, mesmo sem vontade de ler aquela carta, fez a questão de abri-la para matar a curiosidade e pôs-se a ler de imediato.

“Querido filho, sei que hoje é o dia mais importante da tua vida, o dia do seu casamento. Queria tanto poder estar do seu lado para lhe dar um abraço e dizer que te amo tanto, mas infelizmente não fui convidado para o teu casamento.

Filho, lembra-te das vezes que eu acordava de madrugada para ir à aquela casinha que desconfiavas de que era lá onde produzia as minhas bruxarias contra si? Era lá onde permanecia todas as madrugadas de joelhos e com fome pedindo a Deus para que nunca te faltasse nada na vida.

Betinho, das vezes sem conta que não eu comia e somente olhava para ti na mesa com os meus cheios de lágrimas, naqueles momentos de muita dor, queria apenas poupar a nossa comida para que nenhum dia faltasse alimentação em casa, e não tinha nenhum medicamento de azar tal como dizes às pessoas

Este rosto que dizes e julgas ser assustador e que tanto tens vergonha de olhar e tocar, ficou desfigurado quando tentava salvar-te num incêndio que tu mesmo provocaste na cozinha quando brincavas com fogo e próximo de uma botija de gás.

Saibas que o emprego que hoje tens e que ganhas muito dinheiro, não te chamaram por sorte ou porque um amigo ajudou-te com a vaga.

Acredites que fui implorar e chorar todos os dias para o dono daquela empresa para poder admitir-te, e jurei-lhes que eras um jovem competente, humilde e honesto e que só precisavas de uma oportunidade para mostrar a tua valência.

Meu filho, não cases com esta mulher, pois ela é filha da minha irmã, aquela é a tua prima que tanto procurávamos quando sumiu nas cheias de 2000, na província de Gaza quando ainda tinha cinco anos. Queria te dizer que achámos e que estava a namorar contigo, mas tu nunca atendeste as minhas chamadas e muito menos respondeste as minhas mensagens.

Para terminar, neste envelope tem um documento de autorização de uso e aproveitamento de terra, tem um terreno grande na cidade da Matola em teu nome e podes construir a tua própria casa.

Ham! Já me ia esquecendo, faz muito tempo que te procuro, meu filho, para entregar-te o teu cartão do banco para levantares o dinheiro que fui depositando em toda a minha vida para que levantasses depois dos teus dezoito anos.”

Abraços do seu pai! Amo-te, filho!
Com lágrimas nos olhos, Roberto tirou os seus sapatos, desmontou aquela roupa de casamento e correu para ver o seu pai e pedir desculpas por todo mal. E quando lá chegou, o seu pai já tinha partido deste mundo. Olhou para si e disse chorando:

— O verdadeiro feiticeiro da minha vida são os meus pensamentos e as minhas atitudes que julgaram a cara do meu pai antes de conhecer bem as profundezas do seu coração; o verdadeiro feiticeiro é a minha boca que tanto chama de feiticeiro alguém que me colocou no mundo e que muito fez por mim.

 


Contactos

Tef: +258 21 313517/8

Email: opais@soico.co.mz
Local: Rua Timor Leste, 108 Baixa
Maputo- Moçambique