Obama e Trump “em braço de ferro” nas eleições intercalares

Obama e Trump “em braço de ferro” nas eleições intercalares

A campanha para as eleições intercalares tornou-se num braço de ferro entre o antigo e o actual presidente dos Estados Unidos. Barack Obama e Donald Trump têm trocado galhardetes sobre vários temas, sendo que, para além do dossier da saúde, a imigração é a questão que mais controvérsia tem gerado.

Sobre a ordem que Trump deu para atirar sobre os migrantes na fronteira com o México, em caso de confronto, Trump esclarece que nunca falou em disparar contra ninguém. Mas se os militares forem atacados, os responsáveis ficarão na cadeia durante muito tempo, escreve o Euronews.

Já Obama deparou-se com um incidente em Miami. Um apoiante republicano infiltrou-se no encontro para o contestar. Acabou por ser retirado, com Obama a ironizar: "Porque é que aqueles que ganharam as eleições andam sempre tão nervosos?". E continuou: "Quando ganhámos a presidência, estava tudo bem".

O escrutínio decorre no próximo dia seis. Estão em causa os 435 assentos da Câmara dos Representantes e um terço do Senado.

 


Contactos

Tef: +258 21 313517/8

Email: opais@soico.co.mz
Local: Rua Timor Leste, 108 Baixa
Maputo- Moçambique