Obras da ponte Maputo-KaTembe poderão ser paralisadas

Obras da ponte Maputo-KaTembe poderão ser paralisadas

As obras de construção da Ponte Maputo-KaTembe, na ligação com a Avenida 24 de Julho, na cidade de Maputo, poderão ser paralisadas, caso prevaleça o impasse sobre a transferência dos vendedores do mercado 16 de Junho, vulgo “Nwankakana”, para a Malanga, avança a AIM.

O impasse está a concorrer para os atrasos que se verificam nas obras e poderá levar o empreiteiro a elevar os custos inicialmente acordados para a execução do projecto, que inclui 187 quilómetros de estrada ligando a capital do país à fronteira da Ponta D'Ouro, no distrito de Matutuíne.

Segundo Silva Magaia, presidente do Conselho de Administração da Empresa Maputo Sul, citado, hoje, pelo Notícias, a instituição não dispõe de poder e força legal para retirar os informais do mercado, pelo que o problema está a ser gerido pelo Conselho Municipal de Maputo.

Magaia disse que, chegados a esta altura, começa a ficar claro que a infra-estrutura não será mais o presente do natal dos moçambicanos, estando em curso esforços para que seja entregue no primeiro semestre do próximo ano.

Sobre a posição dos vendedores do mercado Nwankakana, que exigem a quantia de 195 mil meticais de compensações por bancas de um metro quadrado e feitas de material precário e 300 mil meticais para uma infra-estrutura de até seis metros quadrados, Silva Magaia referiu que se trata de uma situação que retrocede o processo negocial que já registava avanços.

Os valores que estão a propor são extremamente elevados e a questão que se levanta é qual o instrumento legal e critério que estão a usar para avançar esses montantes. Estamos a lidar com contas públicas, estamos a fazer pagamentos com valores do Orçamento do Estado e não depende da vontade de um indivíduo fazer isto, realçou.

O custo inicial deste projecto é de 785 milhões de dólares norte-americanos e inclui a ponte sobre a baía de Maputo, 187 quilómetros de estrada entre a cidade de Maputo e a Ponta D'Ouro, e ainda outros 63 quilómetros que ligam o distrito de Boane e Bela-Vista, a sede distrital de Matutuíne, com cinco pontes que atravessam rios e três viadutos.


Contactos

Tef: +258 21 313517/8

Email: opais@soico.co.mz
Local: Rua Timor Leste, 108 Baixa
Maputo- Moçambique