ONU poderá ajudar Governo a criar políticas habitacionais que reduzem exposição às calamidades

ONU poderá ajudar Governo a criar políticas habitacionais que reduzem exposição às calamidades

As Nações Unidas poderão ajudar o Governo moçambicano a criar políticas habitacionais que possam evitar a exposição de pessoas aos efeitos das calamidades naturais, segundo deu a conhecer hoje a representante das Nações Unidas para a Área de Habitação.

A representante daquele órgão que engloba vários países do mundo foi recebida hoje pelo Chefe de Estado, tendo os dois discutido a reconstrução pós-Idai. O encontro entre o estadista moçambicano e a representante das Nações Unidas surge um mês depois de a zona centro do país ter sido devastada pelo ciclone Idai.

E este tema foi o que esteve na mesa de discussão entre as partes, num encontro que decorreu à porta-fechada. No fim, a representante das Nações Unidas falou à imprensa.

“Viemos a Moçambique para sentir de perto e ver as áreas afectadas de modo a perceber em que pontos podemos trabalhar juntos para a normalização da situação. Trazemos experiências de estratégias resilientes a mudanças climáticas através de tecnologias adaptáveis. Abordamos com o Presidente sobre como seguir em frente”, disse a representante das Nações Unidas, que se identificou apenas como Maimuna.

O encontro entre o estadista moçambicano e a directora executiva nas Nações Unidas para a área de habitação acontece no âmbito de um convite formulado por Filipe Nyusi e também no âmbito de visitas de monitoria que as Nações Unidas fazem aos países membros.

 

 

 


Contactos

Tef: +258 21 313517/8

Email: opais@soico.co.mz
Local: Rua Timor Leste, 108 Baixa
Maputo- Moçambique