Papa pede perdão ao Chile por crimes de pedofilia

Papa pede perdão ao Chile por crimes de pedofilia

O papa Francisco pediu, hoje, perdão pelos crimes de pedofilia cometidos por membros da Igreja Católica no Chile, referindo que sentiu dor e vergonha diante do dano irreparável causado às crianças vítimas de abuso sexual, escreve o Notícias ao Minuto.

"Aqui não posso deixar de manifestar a dor e a vergonha que sinto perante o dano irreparável causado às crianças por elementos da Igreja", disse.

As palavras do Papa foram recebidas com aplausos por quase 700 pessoas.

A chegada de Francisco reavivou o escândalo dos sacerdotes que abusaram de crianças, tendo a organização Bishop Accountability publicado esta semana uma lista de 80 sacerdotes, clérigos e uma freira acusados de abusos sexuais de menores no país sul-americano.

Acontece numa altura em que muitos chilenos estão descontentes com a decisão de Francisco, tomada em 2015, de nomear um bispo próximo do reverendo Fernando Karadima, que o Vaticano considerou culpado, em 2011, de abusar sexualmente dezenas de menores ao longo de décadas.


Contactos

Tef: +258 21 313517/8

Email: opais@soico.co.mz
Local: Rua Timor Leste, 108 Baixa
Maputo- Moçambique