Papa preocupado pela falta de acordo na Síria

Papa preocupado pela falta de acordo na Síria

Papa Francisco disse, hoje, sentir-se "profundamente preocupado" com "a incapacidade" de haver um acordo de paz na Síria. Segundo escreve a Lusa, o Papa falou depois da homilia Regina Coeli celebrada na praça de S. Pedro, no Vaticano.

No final da oração, encostado à janela do palácio papal, Francisco lamentou que, "apesar dos instrumentos disponíveis à comunidade internacional, seja difícil chegar a acordo sobre uma acção comum a favor da paz na Síria e de outras regiões do mundo".

A Lusa escreve ainda que o Papa Francisco fez um apelo "a todos os líderes políticos para que defendam a justiça e a paz".

O papa defendeu a escolha do caminho da negociação, considerando ser o único que pode levar à paz e não à morte e destruição.

Os Estados Unidos da América, o Reino Unido e a França fizeram um ataque a Síria numa acção militar conjunta para punir o regime de Bashar al-Assad, depois do ataque de Douma, em que terão sido usadas armas químicas.

 


Contactos

Tef: +258 21 313517/8

Email: opais@soico.co.mz
Local: Rua Timor Leste, 108 Baixa
Maputo- Moçambique