Resultado das Buscas " Aemo"




  • Huwana Rubi expõe Dicotomias figurativas na AEMO

    Huwana Rubi expõe Dicotomias figurativas na AEMO

    As 13 telas que fazem Dicotomias figurativas precisaram de aproximadamente cinco anos para estarem prontas. Portanto, a primeira pintura data do ano 2015, sendo que boa parte das obras foram produzidas de há um ano a esta parte.

    26 de Agosto 2019 17h01, José dos Remédios
  • Literatura e cultura moçambicanas

    A literatura moçambicana teve e tem vários estudiosos e teóricos. Por questão de economia de tempo, apenas destacarei Fátima Mendonça, docente da Faculdade de Letras e Ciências Sociais da Universidade Eduardo Mondlane.

    31 de Maio 2019 18h33, Juvenal Bucuane
  • AEMO e IsArc celebram Dia do Livro com debates

    AEMO e IsArc celebram Dia do Livro com debates

    A Associação dos Escritores Moçambicanos (AEMO) e o Instituto Superior de Artes e Cultura (ISARC) promovem uma série de actividades culturais, em comemoração do Dia Mundial do Livro e Direitos de Autor, que se assinala a 23 de Abril de cada ano.

    22 de Abril 2019 18h05, O País
  • Autores debatem sobre produção literária para a infância na AEMO

    Autores debatem sobre produção literária para a infância na AEMO

    Pedro Pereira Lopes, Miguel Ouana e Mauro Brito participam, amanhã à tarde, 17h30, na Associação dos Escritores Moçambicanos (AEMO), cidade de Maputo, num debate subordinado ao tema “ A produção literária para a infância em Moçambique: linguagens e imaginação nos processos de aprendizagem”.

    01 de Abril 2019 19h23 , O País
  • Fundza lança antologia com Mia Couto e Conceição Evaristo

    Fundza lança antologia com Mia Couto e Conceição Evaristo

    Com uma tiragem inicial de 500 exemplares, esta proposta literária terá publicação da Fundza, editora sediada na cidade da Beira. No país de Carlos Drummond de Andrade, o livro sai nos finais de Março, pela chancela da Malê, editora que tem publicados dois títulos de Dany Wambire: d

    03 de Março 2019 14h33, José dos Remédios
  • A reinvenção do ser - e a dor da pedra

    Já lá vão cerca de 35 anos que ele participou intensamente no movimento da reinvenção da literatura moçambicana e da dor que tal intrepidez custou aos fundadores da Charrua, a primeira Revista Literária Moçambicana, pós-independência.

    12 de Fevereiro 2019 08h34, Juvenal Bucuane
  • Uma Carta ao Armando Artur d`A Reinvenção do Ser[1]

    Uma Carta ao Armando Artur d`A Reinvenção do Ser[1]

    Armando Artur, com este livro, faz dois exercícios simultâneos: o primeiro, ele quer reinventar o Ser por via da linguagem; o segundo, ele quer propor uma forma e arte, talvez nova, de escrever à qual me atrevo a chamar por proesia, ou seja, uma junção da prosa com a poesia.

    09 de Dezembro 2018 17h01, José Castiano
  • Carlos Paradona é o novo Secretário-Geral da AEMO

    Carlos Paradona é o novo Secretário-Geral da AEMO

    Ao contrário do que vinha acontecendo até aqui, Carlos Paradona vai cumprir um mandato de três anos, que pode ser renovado uma única vez. A decisão de aumentar mais um ano ao Secretário-Geral foi tomada esta manhã, depois da revisão pontual dos estatutos.

    06 de Outubro 2018 13h47, José dos Remédios
  • As fragilidades da escrita em Pétalas d’água

    No que tange ao trato da língua/linguagem temos na obra de Chakil Aboobacar um exercício sugestivo. Em contrapartida, há tantos outros recursos indispensáveis à trama olvidados ou deixados à margem, daí certas fragilidades imporem-se no livro. Comecemos pelas descrições.

    19 de Setembro de 2018 17h47, José dos Remédios
  • O meu velho amigo Carlos Drummond de Andrade

    O meu velho amigo Carlos Drummond de Andrade

    O episódio ocorreu no início do mês de Agosto do longínquo ano de 1987. Eu estava na esquina entre as avenidas Amílcar Cabral e Eduardo Mondlane, a engraxar, distraidamente, os meus sapatos, quando, oriundo do nada, o meu bom amigo Manuel Maurício.

    29 de Agosto 2018 10h25, Nelson Saúte
  • José Pastor

    Viera de Cuba, a ilha de Fidel e da revolução mítica das Caraíbas, quando o conheci. É preciso dizer que, naquela época, o vocábulo “revolução” não se dissolvera ainda no alvoroço, no tumulto, no turbilhão, na voragem, no remoinho, no vórtice de uma sociedade que transitou da utopia.

    08 de Agosto 11h41, Nelson Saúte
  • Ungulani Ba Ka Khosa

    Começo por uma célebre e remotíssima “boutade”, do Ungulani Ba Ka Khosa, proferida numa entrevista à brasileira Cremilde de Araújo Medina: “A Charrua é a melhor revista literária do mundo!”. Esta frase denuncia a personagem Ungulani, um verdadeiro iclonoclasta, um destemido provocador.

    01 de Agosto 09h05, Nelson Saúte




Contactos

Tef: +258 21 313517/8

Email: opais@soico.co.mz
Local: Rua Timor Leste, 108 Baixa
Maputo- Moçambique