Resultado das Buscas " Aldino Muianga"




  • Elogio a Aníbal Aleluia

    Aníbal Aleluia: «Da parte paterna, só conheço a genealogia até ao meu bisavô, precisamente Aníbal Aleluia, vindo, segundo me contaram os meus ascendentes, “muito de fora”. Meu avô, Henrique Aníbal Aleluia, e meu pai, Roberto, Roberto, eram naturais de Séui (Inhambane, cidade).

    10 de Maio 18h51, Nelson Saúte
  • Entre os 130 e os 30: um olá a Aldino Muianga

    Entre os 130 e os 30: um olá a Aldino Muianga

    A cidade de Maputo completa, hoje, 130 anos de existência. Como forma de celebrar o aniversário, resolvemos, no texto que se segue, deixar ficar uma mensagem para um autor que tanto representa a capital na sua obra lá vão 30 anos.

    10 de Novembro 23h36, José dos Remédios
  • “Cicatriz encarnada”: o retrato do espaço

    “Cicatriz encarnada”: o retrato do espaço

    Cicatriz encarnada não deixa de nos entregar circunstâncias feitas de sonhos enterrados, uma poesia feita de dor de ver a casa, o lar, perder o seu carácter acolhedor: “a mesa já não é o centro da família” (p. 28). Malanga é a casa dos sujeitos poéticos.

    17 de Outubro 22h36, José dos Remédios
  • Passado: uma mazela em Asas quebradas

    Passado: uma mazela em Asas quebradas

    Para Aldino Muianga, neste livro, o passado é uma mazela que se impõe no destino das personagens para alterar percursos, eliminar laços de familiaridade, esclarecer episódios e projectar novos caminhos, sem haver preocupação em relação à destruição do amor.

    10 de Outubro 21h40, José dos Remédios
  • “Temos muito a aprender de Aldino Muianga”

    “Temos muito a aprender de Aldino Muianga”

    O Conselho Municipal da Cidade de Maputo prestou homenagem ao escritor Aldino Muianga pelos 30 anos de produção literária. Veja, na íntegra, o discurso do edil, David Simango, no evento que decorreu na Jardim Tunduru, durante a 3ª edição da Feira do Livro.

    09 de Outubro 16h57, Redacção
  • “Perdemos as coordenadas do nosso destino”

    “Perdemos as coordenadas do nosso destino”

    Há uma semana, Aldino Muianga lançou seu novo livro: Asas quebradas, romance que investe numa estória cuja protagonista vive tentando descobrir quem é e quais são as suas origens.

    09 de Outubro 16h24, José dos Remédios
  • Aldino Muianga homenageado pelos 30 anos de carreira

    Aldino Muianga homenageado pelos 30 anos de carreira

    O Jardim Tunduro, local onde decorre mais uma edição da Feira do Livro de Maputo, foi, uma vez mais, palco de manifestações artísticas, como música, teatro e declamação de poemas. Tudo para celebrar a grandiosidade do escritor, professor e cirurgião, Aldino Muianga.

    07 de Outubro 16h19, Redacção
  • João Tordo participa na Feira do Livro de Maputo

    João Tordo participa na Feira do Livro de Maputo

    O escritor português João Tordo, vencedor do Prémio José Saramago em 2009, com a obra “As três vidas”, estará na capital do país, a convite do Camões – Centro Cultural Português, para participar na Feira do Livro de Maputo, iniciativa do Conselho Municipal que inicia próxima quinta-feira, no Tunduru

    02 de Outubro 16h14, Redacção
  • Vários autores numa língua… letras são pontes no Tunduru

    Vários autores numa língua… letras são pontes no Tunduru

    Roberto Chitsondzo, Ana Magaia e Grupo da Polícia Municipal. Estes são os nomes que, próxima quinta-feira, terão a missão de inaugurar mais uma edição da Feira do Livro de Maputo. O início do festival literário organizado pelo Município da capital está previsto para 9h, conforme o hábito, no Tunduru

    28 de Setembro 19h03, José dos Remédios
  • Aldino Muianga lança “Asas quebradas” pela Cavalo do Mar

    Aldino Muianga lança “Asas quebradas” pela Cavalo do Mar

    É este o tipo de escrita que caracteriza a obra de Aldino Muianga, um autor voltado à sua terra e aos seus. É este o autor que vai proporcionar mais uma viagem literária aos seus leitores. Tudo com encontro marcado, hora e local.

    27 de Setembro 16h36, José dos Remédios
  • Francisco Noa lança “Uns e outros” no Brasil

    Francisco Noa lança “Uns e outros” no Brasil

    O académico e ensaísta, Francisco Noa, irá lançar, próximo mês, no Brasil, a sua mais recente obra literária. Intitulada Uns e outros na literatura moçambicana, o livro que sai sob a chancela da editora Kapulana, daquele país, é uma colectânea de textos que se insere na série “Ciências e Artes”.

    21 de Junho 20h46, Redacção




Contactos

Tef: +258 21 313517/8

Email: opais@soico.co.mz
Local: Rua Timor Leste, 108 Baixa
Maputo- Moçambique