Resultado das Buscas " Colonialismo"




  • Suleiman Cassamo: a viva voz do conto*

    Conferindo visibilidade a um conjunto de seres marginalizados, os “esquecidos” que desfilam pelas ruas de tantas cidades africanas, e não só, O regresso do morto supera os domínios da denúncia e apresenta-se como um fascinante trabalho literário.

    30 de Outubro de 2018 21h44 , Rita Chaves
  • Kulungwana expõe “Celebrar Rangel-A Lente e o Jazz”

    Kulungwana expõe “Celebrar Rangel-A Lente e o Jazz”

    O projecto denominado “Celebrar Rangel – A Lente e o Jazz: Uma vida Dedicada à Fotografia e ao Jazz” é uma parceria entre a União Europeia, Associação Kulungwana e da Associação Moçambicana de Fotografia e Centro de Formação.

    15 de Outubro 2018 09h17, Hélia Chopo
  • A casa

    O direito a refúgio deveria caber a mulheres e crianças pela sua natureza menos audaz para enfrentar batalhas sanguinárias. Os homens que preterirem a defesa da casa e juntarem-se a fila dos refugiados incorrem no risco de serem chamados cobardes.

    13 de Setembro de 2018 16h18, Hélder Augusto
  • PM assiste último treino dos Mambas e reiterou apoio para alcance da vitória

    PM assiste último treino dos Mambas e reiterou apoio para alcance da vitória

    Acompanhado de várias figuras governamentais, com destaque para a vice-ministra da Juventude e Desporto, Do Rosário cumprimentou os jogadores, um a um, tirou fotografias e depois assistiu ao último treino dos Mambas e reiterou o apoio do Governo para o alcance de um bom resultado.

    07 de Setembro 2018 14h21, Elísio Uamusse
  •  Selma Uamusse celebra

    Selma Uamusse celebra "moçambicanidade" no primeiro álbum a solo

    "Mati", produzido pelo músico Jori Collignon, demorou pelo menos quatro anos a ser feito, trabalhado e regravado, com Selma Uamusse à procura de uma sonoridade que fosse a soma de tudo o que ela tem sido, desde que começou a cantar aos 18 anos.

    04 de Setembro de 2018 21h24, Sérgio Raimundo
  • “O Sacrifício da Liberdade”: depoimentos dos que lutaram por Moçambique

    “O Sacrifício da Liberdade”: depoimentos dos que lutaram por Moçambique

    “O Sacrifício da Liberdade”, obra lançada esta segunda-feira em Maputo, tem depoimentos de veteranos como Alberto Chipande, Deolinda Guezimane, Eduardo Nihia, Feliciano Gundana, Graça Machel, Joaquim Chissano, Lopes Tembe, Marina Pachinuapa, Mariano Matsinha, Óscar Kida, Óscar Monteiro, Pachinuapa.

    04 de Setembro 2018 08h48, Ilídia Alberto
  • O que importa na escrita de Lúcia Baptista

    Simultaneamente, este Serpentear nas esteiras do tempo é uma história de três gerações. Aliás, quando a narração começa, pode-se ficar com sensação de que o protagonista é Samuel, pai de Joana, pois, no primeiro capítulo, todas as focalizações incidem nele.

    22 de Agosto 18h54, José dos Remédios
  • Febre africana

    Ryszard Kapuscinski: “Em pleno centro, a meio da Independence Avenue, há um edifício de quatro pisos, com varandas com balaustradas destruídas a toda a volta – o New Africa Hotel.

    04 de Julho 21h36, Nelson Saúte
  • Se nós pararmos, eles vão parar?

    “Se nós pararmos, eles vão parar?” Eis a questão hipotética dos que combatem o terrorismo e são combatidos pelo terrorismo.

    02 de Julho 13h12, Hélder Augusto
  • A descoberta d’alma*

    Falar de «Recados da Alma», romance de estreia de Bento Baloi, publicado em Moçambique pela Fundação Fernando Leite Couto, em Novembro de 2016, e que teve em 2018 a sua edição portuguesa, pela Ideia Fixa, obriga-me a passar pela memória do nosso primeiro encontro.

    19 de Junho 23h27, Paulo M. Morais
  • Afinal quem é a Mãe da Nação moçambicana?

    Tive a felicidade de ser escalado para cobrir o funeral de Nomzamo Winifred Madikizela-Mandela ou simplesmente Winnie Mandela. Cheguei a Joanesburgo quatro dias antes.

    18 de Abril 00h21, Francisco Mandlate
  • Do Atlântico para o Índico

    Há cerca de trinta anos desde que, em 1989, aquando da realização do primeiro congresso de escritores de língua portuguesa em Lisboa, iniciamos as nossas reflexões em torno das ações e propostas das novas gerações artístico-literárias que –então- se apresentavam em Angola e Moçambique.

    10 de Abril 23h53, J.A.S. LOPITO FEIJÓO K.
  • Teatro: luta, encanto e ética

    Talvez começasse por vos contar uma história da escritora e dramaturga francesa Marguerite Duras e que foi o tema para uma curta-metragem.

    05 de Abril 14h29, Manuela Soeiro
  • África está a mudar

    Ainda que de forma tímida o continente africano está a conhecer algumas mudanças positivas ao nível político.

    03 de Fevereiro 11h11, Francisco Mandlate
  • Bemane afirma que combatentes são fontes de inspiração

    Bemane afirma que combatentes são fontes de inspiração

    O Primeiro Secretário da Frelimo na província de Tete, Fernando Bemane, afirma que os combatentes da luta de libertação nacional são fonte de inspiração, porque libertaram Moçambique das mãos do colonialismo português após 500 anos de opressão.

    08 de Janeiro 08h22, Redacção




Contactos

Tef: +258 21 313517/8

Email: opais@soico.co.mz
Local: Rua Timor Leste, 108 Baixa
Maputo- Moçambique