Resultado das Buscas " Fantasia"




  • No dia em que vi a Nicole Kidman arrebatadoramente nua

    Nessa tarde, nem as minhas mais ingentes fantasias seriam capazes de estar à altura daquela vertiginosa imagem da musa australiana. Eu acabara de a ver nua em De olhos bem fechados, do mítico Stanley Kubrick, e estava ainda atordoado com o sublime enlevo daquela hierática silhueta.

    12 de Setembro de 2018 21h50, Nelson Saúte
  • Os acólitos da estupidez

    Não tenho muito para dar aos que comigo caminham. Tenho tido poucos caminhos, muitos passos e destinos incertos. Com os meus companheiros sempre terminamos em pequenas missas nas barracas onde o dízimo da cerveja é barato.

    18 de Julho 22h21, Sérgio Raimundo
  • Teatro: luta, encanto e ética

    Talvez começasse por vos contar uma história da escritora e dramaturga francesa Marguerite Duras e que foi o tema para uma curta-metragem.

    05 de Abril 14h29, Manuela Soeiro
  • O leitmotiv em Os poros da concha

    Leitmotiv é um termo alemão, que, ao nível literário, designa “motivos centrais que se repetem numa obra, ou na totalidade da obra, de um poeta” (Wolfgang Kayser, 1958).

    21 de Março 23h52, José dos Remédios
  • 'A Forma da Água' distinguido como melhor filme do ano

    'A Forma da Água' distinguido como melhor filme do ano

    O Óscar de Melhor Filme foi entregue a 'The Shap[e of Water' ('A Forma da Água'), realizado por Guillermo del Toro. O filme tinha 13 nomeações e conseguiu quatro Óscares, sendo, mesmo assim, o vencedor da noite de Óscares, em Los Angeles.

    05 de Março 12h00, O País
  • Paulo Borges Coelho vence Prémio BCI de Literatura

    Paulo Borges Coelho vence Prémio BCI de Literatura

    O escritor moçambicano, Paulo Borges Coelho, venceu a 8ª edição do Prémio BCI de Literatura, terça-feira, com a obra “Ponta Gea”, lançada no ano passado.

    31 de Janeiro 18h44, Ilídia Alberto
  • “Choriro”: a beleza entre a imaginação e a história

    Choriro” como bem o diz Ungulani Ba Ka Khosa é “um retrato de um espaço identitário, de uma utopia que se fez verbo”. O enredo dessa narração que envolve a história e a imaginação num só campo ficcional é o Vale de Zambeze no período mercantil marcado pelo tráfico e exploração de marfim e escravos.

    25 de Janeiro 22h55, Sérgio Raimundo
  • “Mistérios da noite”: o farol disfarçado?

    “Mistérios da noite” junta vários afectos, com primazia para o amor que liberta um farol suficiente para iluminar a noite que aqui também sugere o lado sombrio do Homem, incapaz de respeitar a espécie e o meio que a sustenta.

    19 de Maio 20h32, José dos Remédios
  •  Fome nossa de todos os dias...

    Fome nossa de todos os dias...

    Catarina tem 35 anos, é viúva e mãe de 8 filhos dos quais 7 menores, com idades entre os 10 e 1 ano. Ela vive no bairro de Magoanine, acerca de 13 km do centro da cidade de Maputo, a capital do país. Depois da morte do marido, Catarina trabalhava para irmã, confeccionando e vendendo comidas. Mas o negócio foi interrompido.

    12 de Maio 14h38, Lucinda Alfândega
  • Fantasiamos a qualidade poética dos espaços, José Forjaz

    Fantasiamos a qualidade poética dos espaços, José Forjaz

    José Forjaz é dos rostos mais consagrados do ramo da arquitectura no país. Recentemente, com a sua equipa José Forjaz Arquitectos, expos Projectos no papel no Centro Cultural Português, em Maputo – segue depois para Beira, este mês –, pretexto para esta entrevista. Partindo de 40 obras que estiveram expostas, algumas com 50 anos, nunca construídas, Forjaz refere-se ao trabalho arquitectónico como uma forma de fantasiar a qualidade poética dos espaços, como um meio para ler as sociedades e de nelas introduzir mudanças.

    02 de Maio 09h37, José dos Remédios




Contactos

Tef: +258 21 313517/8

Email: opais@soico.co.mz
Local: Rua Timor Leste, 108 Baixa
Maputo- Moçambique