Resultado das Buscas " Relógio di oro"




  • O compêndio do suicídio

    É interminável a lista de gente que se suicidou. O suicídio é uma corrente do fim que ganha anilhas nas filas dos hospitais, nas pontes das cidades, nos terraços dos prédios, nos quartos escuros, nos ramos da árvores e em tudo que tem vida.

    22 de Maio 23h29, Sérgio Raimundo
  • Uma chapada 3D…

    Parou em frente à ponte. Acendeu um cigarro e pintou com o pincel do seu bafo nuvens de fumo na tela do escuro.

    07 de Maio 00h01, Sérgio Raimundo
  • A cegueira do velho Bila

    O velho Bila era cego. Um par de óculos escuros desviava as imagens que lhe chegavam. Era uma porta inválida para imagens. Parecia um soldador de instantes com os raios quentes do sol.

    01 de Maio 02h39, Sérgio Raimundo
  • Queriam linchar King Jota e John Xpila

    Pela madrugada, King Jota e John Xpila, viram que todas as luzes da zona estavam desmaiadas, então decidiram aterrar o seu voo conjunto na pista da porta da dona Salimina.

    23 de Abril 23h50, Sérgio Raimundo
  • Os Galtons: mestres do instante ininterrupto

    Pela Antena da Rádio Moçambique [RM] sempre ouvi os Galtons. A voz adestrada de Abílio Mandlaze [vocalista falecido] servia-me de ponte para atravessar as ondas radiofónicas, do rádio, e chegar à música.

    10 de Abril 00h44, Sérgio Raimundo
  • Liturgia à palavra perfeita!

    Depois de ler “A descrição das sombras” de M.P. Bonde confirmei a frase do escritor espanhol Camilo José Cela: “a literatura não é uma charada: é uma atitude”.

    12 de Janeiro 00h47, Sérgio Raimundo




Contactos

Tef: +258 21 313517/8

Email: opais@soico.co.mz
Local: Rua Timor Leste, 108 Baixa
Maputo- Moçambique