Resultado das Buscas "CDN"




  • CDN introduz bilhetes electrónicos nos comboios de passageiros

    CDN introduz bilhetes electrónicos nos comboios de passageiros

    O Corredor de Desenvolvimento do Norte (CDN) vai introduzir, a partir do segundo semestre deste ano, a venda de bilhetes de forma electrónica para os utentes do comboios de passageiros, em todos troços onde a empresa opera, nomeadamente, Nampula-Cuamba, Cuamba-Lichinga e Cuamba- Entre Lagos.

    26 de Abril 09h02, O País
  • CDN aumenta volume de transporte de carga em 67%

    CDN aumenta volume de transporte de carga em 67%

    O Corredor de Desenvolvimento do Norte (CDN) transportou, no ano passado, cerca de 405 mil toneladas de produtos diversos, contra 243.261 toneladas transportadas em 2016. Este crescimento corresponde a um aumento de 67% de carga transportada, quando comparado com o ano anterior.

    12 de Fevereiro 20h02, Ilídia Alberto
  • Lichinga-Cuamba volta a ter ligação ferroviária

    Lichinga-Cuamba volta a ter ligação ferroviária

    O governo da província do Niassa e o consórcio que explora o corredor ferroviário de Nacala, o CDN, acabam de concluir um acordo que preconiza a introdução de um comboio misto que vai assegurar o transporte, em simultâneo, de passageiros e mercadorias.

    10 de Janeiro 11h45, Redacção
  • Retoma transporte ferroviário de carga entre Nacala-porto e Lichinga

    Retoma transporte ferroviário de carga entre Nacala-porto e Lichinga

    Reinicia, próxima semana, o transporte de mercadorias por via ferroviária, entre as cidades de Nacala-porto, Nampula, Cuamba e Lichinga, no âmbito de um entendimento alcançado entre o Governo, agentes económicos e o Corredor de Desenvolvimento do Norte (CDN).

    06 de Junho 09h50, Redacção
  • Novo corredor de Nacala anima economia do norte

    Novo corredor de Nacala anima economia do norte

    É já na tarde desta sexta-feira que o Presidente da República, Filipe Nyusi, inaugura o Corredor Logístico de Nacala (CLN), um dos maiores investimentos em infra-estruturas da história do país e que compreende uma linha férrea de 912 quilómetros e um porto de águas profundas, no distrito de Nacala-a-Velha, em Nampula. Trata-se de um investimento de 4.5 biliões de dólares injectados de 2011 a 2016, como forma de viabilizar o escoamento do carvão da Vale Moçambique, a partir do distrito de Moatize, província de Tete. A infra-estrutura já está a ser utilizada e transportou seis milhões de toneladas de carvão em 2016

    12 de Maio 10h30, Orlando Macuácua




Contactos

Tef: +258 21 313517/8

Email: opais@soico.co.mz
Local: Rua Timor Leste, 108 Baixa
Maputo- Moçambique