Resultado das Buscas "Choriro"




  • Ungulani Ba Ka Khosa

    Começo por uma célebre e remotíssima “boutade”, do Ungulani Ba Ka Khosa, proferida numa entrevista à brasileira Cremilde de Araújo Medina: “A Charrua é a melhor revista literária do mundo!”. Esta frase denuncia a personagem Ungulani, um verdadeiro iclonoclasta, um destemido provocador.

    01 de Agosto 09h05, Nelson Saúte
  • “Choriro”: a beleza entre a imaginação e a história

    Choriro” como bem o diz Ungulani Ba Ka Khosa é “um retrato de um espaço identitário, de uma utopia que se fez verbo”. O enredo dessa narração que envolve a história e a imaginação num só campo ficcional é o Vale de Zambeze no período mercantil marcado pelo tráfico e exploração de marfim e escravos.

    25 de Janeiro 22h55, Sérgio Raimundo
  • Os sermões de Roberto Chitsondzo

    Os sermões de Roberto Chitsondzo

    Em Kwiri, disco constituído por 14 músicas, umas muito conhecidas, outras nem por isso, ao estilo “bom rapaz”, Chitsondzo brinca de ser um modelo de vida.

    13 de Dezembro 15h54, José dos Remédios
  • Ungulani ba ka Khosa o interpelador da História

    Ungulani ba ka Khosa o interpelador da História

    Numa altura em que o escritor Ungulani Ba Ka Khosa completa 60 anos de idade e 30 de careira literária, o que lhe valeu duas homenagens, uma pela SOICO e outra pela Universidade Pedagógica (UP), a professora e ensaísta Fátima Mendonça, da Universidade Eduardo Mondlane, residente em Portugal, publica

    03 de Agosto 11:01, Redacção




Contactos

Tef: +258 21 313517/8

Email: opais@soico.co.mz
Local: Rua Timor Leste, 108 Baixa
Maputo- Moçambique