Resultado das Buscas "Craveirinha"




  • Pão nosso de cada noite

    Nasceu a 15 de Fevereiro de 1924, na vetusta Lourenço Marques – passam hoje 94 anos -, morreu a 11 de Junho de 2009, aos 85 anos. Era conhecido, sobretudo, como fotógrafo – repórter fotográfico ou fotojornalista -, dos mais talentosos que Moçambique viu nascer. Chamava-se Ricardo Achiles Rangel.

    14 de Fevereiro 22h29, Nélson Saúte
  • Irmão do Universo

    Quando fui ao seu encontro para a aprazada entrevista de vida, que me propusera fazer no roteiro de os Habitantes da Memória, e que concluí em duas longas tardes, em sua casa em Maputo, ele tinha justamente o dobro da minha idade: 46 anos.

    07 de Fevereiro 22h38, Nélson Saúte
  • José Craveirinha, a luz multiplicada

    José Craveirinha, a luz multiplicada

    Aqui estou perante o desafio de evocar as maíusculcas que inscrevem um dos maiores vultos da nossa jovem nação literária, ou porque não o maior vulto das letras desta imensa varanda à beira do índico, o Poeta José Craveirinha.

    06 de Fevereiro 02h04, Celso Muianga
  • Do Atlântico para o Índico

    Craveirinha, como todos os grandes poetas, é universal, incomparável, insubstituível e, como tal, imortal. Cabe-nos divulgar constante e permanentemente o seu legado artístico-literário para o constante e maior aperfeiçoamento da humanidade, material e espiritualmente, em estado caótico.

    06 de Fevereiro 01h48, J.A.S. LOPITO FEIJÓO K.
  • E nefelibatas bebemos coca-cola

    Num célebre, penetrante, inquietante e, indubitavelmente, polémico texto, que tanto estimulou (apesar de ligeiras discordâncias) a minha juventude literária, Eugénio Lisboa socorre-se de uma ingente definição de poesia, estabelecida pelo poeta mexicano Octavio Paz.

    31 de Janeiro 22h41, Nélson Saúte
  • Paulo Borges Coelho vence Prémio BCI de Literatura

    Paulo Borges Coelho vence Prémio BCI de Literatura

    O escritor moçambicano, Paulo Borges Coelho, venceu a 8ª edição do Prémio BCI de Literatura, terça-feira, com a obra “Ponta Gea”, lançada no ano passado.

    31 de Janeiro 18h44, Ilídia Alberto
  • Soweto Blues

    Masekela foi talvez, de todos os músicos sul-africanos, o mais solidário. Falou de Moçambique e dos moçambicanos em todos os espectáculos que fez e em que cantou “Stimela”, provavelmente a sua música mais emblemática, aquela que melhor lhe consigna a condição de activista, militante, lutador.

    25 de Janeiro 00h22, Nélson Saúte
  • Joaquina Siquice

    Joaquina Siquice - lembram-se deste nome ínclito da Companhia Nacional de Canto e Dança?  A amnésia ou a displicência são, entre nós, práticas indissimuláveis. Para não falar da memória, que é um prontuário intransitável.

    18 de Janeiro 01h00, Nélson Saúte
  • Malangatana

    O bestiário de Malangatana é único, os seus duendes, os seus espíritos, as suas vozes, o seu imaginário inesgotável e fascinante.

    04 de Janeiro 00h36, Nélson Saúte
  • Mangas Verdes com Sal

    Quando o descobri, fortuitamente, na minha adolescência, o seu nome não era referido nem a sua obra aludida.

    20 de Dezembro 15h36, Nélson Saúte
  • “O livro é uma forma de eternizar as nossas experiências”

    “O livro é uma forma de eternizar as nossas experiências”

    Roberto Chitsondzo lança, quarta-feira, às 18h, no Auditório do BCI, em Maputo, o seu livro-disco de estreia a solo: Kwiri. A obra, na vertente discográfica, contém 14 músicas, as quais vêm com uma mensagem que concorre para a construção de uma sociedade ideal.

    11 de Dezembro 19h50, José dos Remédios
  • O intimismo e a superação em Assa Matusse

    O intimismo e a superação em Assa Matusse

    Já nos referimos ao facto de muitos poetas – no sentido mais vasto da criação – encontrarem na dor um motivo para fabricar sorrisos, como se o sofrimento servisse para inspirar alegria. Assa Matusse faz parte desse conjunto de artistas que, recorrendo às suas próprias intempéries, faz da música...

    29 de Novembro 16h14, José dos Remédios
  • Moçambicanos homenageados em portugal

    Hilário da Conceição, Roberto Chichorro, Ricardo Chibanga e Mário Albuquerque, são as personalidades moçambicanas que foram homenageados, na passada sexta-feira, pela Câmara de Comércio Portugal-Moçambique (CCPM).

    13 de Novembro 10h39, Redacção
  • João Paulo Borges Coelho aventura-se pela infância no novo livro

    João Paulo Borges Coelho aventura-se pela infância no novo livro

    O novo livro de João Paulo Borges Coelho vai ser lançado, amanhã, às 17:30h, em Maputo. Intitulado "Ponta Gea", a obra literária é um regresso à uma infância, não do autor, propriamente, mas do narrador que conta a estória.

    06 de Novembro 16h32, José dos Remédios
  • As rotas do turismo

    As rotas do turismo

    É preciso fazer mais e melhor. Alguém disse isso. E para fazermos mais e melhor, se não soubermos como se faz, devemos ter a grandeza de ser pequenos e aprender dos outros.

    31 de Outubro 23h13, José dos Remédios
  • Fundação Leite Couto lança colectânea de poemas

    Fundação Leite Couto lança colectânea de poemas

    Reconhecendo a importância que a Revolução de Outubro teve na vida das pessoas do séc. XX, a Fundação Fernando Leite Couto resolveu assinalar os 100 anos da efeméride com o lançamento de uma obra literária, intitulada: “Sombras de Outubro”

    22 de Outubro 11h51, Redacção
  • “Cicatriz encarnada”: o retrato do espaço

    “Cicatriz encarnada”: o retrato do espaço

    Cicatriz encarnada não deixa de nos entregar circunstâncias feitas de sonhos enterrados, uma poesia feita de dor de ver a casa, o lar, perder o seu carácter acolhedor: “a mesa já não é o centro da família” (p. 28). Malanga é a casa dos sujeitos poéticos.

    17 de Outubro 22h36, José dos Remédios
  • Imprescindível doutrina contra: uma homenagem à literatura moçambicana

    Imprescindível doutrina contra: uma homenagem à literatura moçambicana

    O poeta angolano, Lopito Feijóo, lançou, semana passada, Imprescindível doutrina contra, em Maputo. O livro inclui um texto inédito de José Craveirinha, à laia de um prefácio, e, de acordo com o autor, é uma homenagem à literatura moçambicana, feita com versos de intervenção social.

    16 de Outubro 21h34, José dos Remédios




Contactos

Tef: +258 21 313517/8

Email: opais@soico.co.mz
Local: Rua Timor Leste, 108 Baixa
Maputo- Moçambique