Resultado das Buscas "Honwana"




  • No dia em que vi a Nicole Kidman arrebatadoramente nua

    Nessa tarde, nem as minhas mais ingentes fantasias seriam capazes de estar à altura daquela vertiginosa imagem da musa australiana. Eu acabara de a ver nua em De olhos bem fechados, do mítico Stanley Kubrick, e estava ainda atordoado com o sublime enlevo daquela hierática silhueta.

    12 de Setembro de 2018 21h50, Nelson Saúte
  • Deus no céu, eles na “catedral”

    Deus no céu, eles na “catedral”

    Uma modalidade que, no passado, colocou Moçambique no olímpico de África e que hoje procura reerguer-se para voltar aos tempos áureos.

    20 de Agosto de 2018 16h29, Aristides Cavele
  • Ungulani Ba Ka Khosa

    Começo por uma célebre e remotíssima “boutade”, do Ungulani Ba Ka Khosa, proferida numa entrevista à brasileira Cremilde de Araújo Medina: “A Charrua é a melhor revista literária do mundo!”. Esta frase denuncia a personagem Ungulani, um verdadeiro iclonoclasta, um destemido provocador.

    01 de Agosto 09h05, Nelson Saúte
  • Fátima Mendonça

    Tínhamo-nos conhecido na Associação dos Escritores nos meados dos anos 80 e houve, desde logo, uma grande empatia entre nós. Fátima Mendonça era uma reputadíssima professora universitária e divulgadora incontornável da literatura moçambicana e eu um miúdo intrépido que queria saber e fazer tudo.

    13 de Junho 22h32, Nelson Saúte
  • Malidza

    Carneiro Gonçalves: “Caminhai célere, ó jovem povo do Quiteve, e vinde ouvir a história de Malidza, que morreu de amor. Uma grande ternura agasalhava-lhe o corpo de ébano (que ela protegia para Kilomko, o guerreiro) e punha nos seus olhos cintilações habitadas pelos génios antigos das florestas.

    30 de Maio 20h23, Nelson Saúte
  • É preciso plantar nas estrelas e sobre o mar

    Marcelino dos Santos redigiu, de Portugal, onde se encontrava a estudar desde 1947, uma carta que seria publicada no prestigiadíssimo O Brado Africano, onde anuncia, com irredimível convicção, a sua combatividade, aos 20 anos. Isto nos finais dos anos 40.

    24 de Maio 11h33, Nelson Saúte
  • “Mar me quer” de Mia Couto adaptado para o teatro na 15ª edição FITI

    “Mar me quer” de Mia Couto adaptado para o teatro na 15ª edição FITI

    O grupo Girassol, em coordenação com a Companhia JGM-João Garcia Miguel, de Portugal, vai adaptar o texto de Mia Couto para o teatro. Trata-se de “Mar me quer”, que, em peça, será apresentada no segundo dia da 15ª edição do Festival Internacional Teatro de Inverno (FITI, no Cine-teatro Gil Vicente.

    15 de Maio 21h32, O País
  • Mozambique 1975/1985

    Era um dos destaques, nas estantes de uma livraria, da Cidade do Cabo, e o nome em letras brancas sobre a capa preta, à distância da minha miopia, pareceu-me familiar: Moira Forjaz.

    21 de Março 23h32, Nelson Saúte
  • Eu bebeu suruma dos teus ólho Ana Maria

    O Rui Nogar morreu há 25 anos. Foi a 11 de Março de 1993. Hoje já ninguém fala dele. Deram-lhe o nome de uma rua, mas esqueceram-no.

    07 de Março 22:05:36, Nelson Saúte
  • A Ilha dos Poetas

    Antigo porto, feitoria, entreposto, desterro, presídio e até mesmo lupanar, foi a primeira capital de Moçambique, marco talassocrático do Índico, conheceu o apogeu e o ocaso, a distinção e o opróbrio, a riqueza e a pobreza.

    21 de Fevereiro 22h43, Nelson Saúte
  • Pão nosso de cada noite

    Nasceu a 15 de Fevereiro de 1924, na vetusta Lourenço Marques – passam hoje 94 anos -, morreu a 11 de Junho de 2009, aos 85 anos. Era conhecido, sobretudo, como fotógrafo – repórter fotográfico ou fotojornalista -, dos mais talentosos que Moçambique viu nascer. Chamava-se Ricardo Achiles Rangel.

    14 de Fevereiro 22h29, Nelson Saúte
  • Joaquina Siquice

    Joaquina Siquice - lembram-se deste nome ínclito da Companhia Nacional de Canto e Dança?  A amnésia ou a displicência são, entre nós, práticas indissimuláveis. Para não falar da memória, que é um prontuário intransitável.

    18 de Janeiro 01h00, Nelson Saúte
  • Desporto e Cultura…nos últimos parágrafos

    Diz-se repetidamente que Moçambique não é, e nem quer ser uma ilha, num mundo em mutação e adaptação a novos paradigmas. Mas das intenções à prática, a distância é visível e até mensurável.

    15 de Janeiro 20h58, Renato Caldeira
  • Malangatana

    O bestiário de Malangatana é único, os seus duendes, os seus espíritos, as suas vozes, o seu imaginário inesgotável e fascinante.

    04 de Janeiro 00h36, Nelson Saúte
  • Mangas Verdes com Sal

    Quando o descobri, fortuitamente, na minha adolescência, o seu nome não era referido nem a sua obra aludida.

    20 de Dezembro 15h36, Nelson Saúte
  • “O livro é uma forma de eternizar as nossas experiências”

    “O livro é uma forma de eternizar as nossas experiências”

    Roberto Chitsondzo lança, quarta-feira, às 18h, no Auditório do BCI, em Maputo, o seu livro-disco de estreia a solo: Kwiri. A obra, na vertente discográfica, contém 14 músicas, as quais vêm com uma mensagem que concorre para a construção de uma sociedade ideal.

    11 de Dezembro 19h50, José dos Remédios
  • Ferroviário da Beira perde com GSP ao intervalo (61-46)

    Ferroviário da Beira perde com GSP ao intervalo (61-46)

    O Ferroviário da Beira perde, ao intervalo, com o GSP da Argélia por 61-46, em jogo da primeira jornada da fase final da Taça dos Clubes Campeões Africanos de basquetebol em seniores masculinos.

    11 de Dezembro 13h11, Redacção




Contactos

Tef: +258 21 313517/8

Email: opais@soico.co.mz
Local: Rua Timor Leste, 108 Baixa
Maputo- Moçambique