Resultado das Buscas "Sonho"




  • No cimo do SIMO há muito limo

    As nossas caixas automáticas decidiram tomar um sonífero e dormir no meio de ruas como mendigos

    20 de Novembro de 2018 20h50, Sérgio Raimundo
  • Mozal defende que Mozefo Young Leaders vem ajudar jovens a inovar

    Mozal defende que Mozefo Young Leaders vem ajudar jovens a inovar

    O responsável pelas relações exteriores da Mozal defende ser oportuno que a juventude tenha oportunidade de trocar ideias, até porque, no seu ver, só partilhando conhecimentos é que a juventude encontra soluções aos desafios da actualidade.

    20 de Novembro de 2018 20h49 , José João
  • Wazimbo realiza-se com Xiquitsi

    Wazimbo realiza-se com Xiquitsi

    Ano passado, Stewart Sukuma foi um dos célebres convidados do Xiquitsi para actuar na quarta Temporada de Música Clássica de Maputo. Na altura, o galanteador da “Julieta” e da “Felizminha” revelou que cantar ao som de orquestra, sobretudo moçambicana, foi a realização de um sonho.

    15 de Novembro de 2018 22h16 , José dos Remédios
  • Duas americanas para o “sonho de África”

    Duas americanas para o “sonho de África”

    As duas jogadoras têm 27 anos, sendo que Cierra está vinculada aos turcos da Urla BLD e, segundo o Jornal Ferroviário, conta com passagens por principais ligas de países como Bulgária, Polónia ou Hungria.

    13 de Novembro de 2018 20h01, O País
  • “A Força de Um Sonho” de Dans’Artes

    “A Força de Um Sonho” de Dans’Artes

    O “show” será protagonizado por mais de 100 crianças, dos 03 a 17 anos de idade, de Maputo e Djonasse, das quais cerca de 50 são bolseiras da Dans’Artes.

    13 de Novembro 2018 15h53, O País
  • Xiquitsi encerra última temporada de música clássica

    Xiquitsi encerra última temporada de música clássica

    A organização do projecto procurou, durante cinco anos, massificar a música clássica no país, com projectos de integração social. Este ano o projecto homenageia o maestro venezuelano, José António Abreu, mentor do El-Sistema, projecto que inspira o Xiquitsi.

    12 de Novembro 2018 12h12, Hélia Chopo
  • O poder da escrita em Cri Essencia

    É um brado africano, repúdio, retrato da pequenez de alguns homens, uma ode a tanta mulher deserdada por um irmão nojento, absolutamente desprezível, do património deixado por uma mãe. É nisso que se encontra o poder da escrita de Cri Essencia

    07 de Novembro de 2018 22h27 , José dos Remédios
  • Guterres recebe prémio pela promoção da língua portuguesa

    Guterres recebe prémio pela promoção da língua portuguesa

    O prémio homenageia a ação do embaixador José Aparecido de Oliveira, que "marcou, de forma indelével, o surgimento da CPLP, convertendo em realidade um sonho acalentado pelos povos dos países de língua portuguesa, espalhados por quatro continentes, e fazendo do seu autor um arauto do futuro".

    05 de Novembro 2018 09h55, Hélia Chopo
  • Um sábado abençoado de Ndzumba

    Um sábado abençoado de Ndzumba

    Eram gerações diferentes que se cruzavam no palco, estilos distantes que se entrelaçavam e assim tudo ficava com um único rótulo geracional: geração da música moçambicana.

    04 de Novembro de 2018 18h56, O País
  • Tchakaze leva o

    Tchakaze leva o "Txukela" da sua voz ao CCFM

    Numa tradução livre podemos dizer que "Txukela" é o nome que carrega o açúcar por cá. E como será servida por uma voz podemos, ainda, dizer que é o açúcar da melodia ou do timbre. Talvez, foi assim que Tchakaze pensou o concerto.

    31 de Outubro de 2018 20h34, O País
  • A degradação da personagem em Gungunhana*

    Ao ficcionar a vida do imperador de Gaza, homem extremamente violento, Khosa constrói um cenário maquiavélico, que ao tirano permite atingir o poder sem ameaças de o perder, delegando, por isso, a morte do seu irmão, Mafemane, a Ualalapi.

    31 de Outubro de 2018 16h26, José dos Remédios
  • Suleiman Cassamo: a viva voz do conto*

    Conferindo visibilidade a um conjunto de seres marginalizados, os “esquecidos” que desfilam pelas ruas de tantas cidades africanas, e não só, O regresso do morto supera os domínios da denúncia e apresenta-se como um fascinante trabalho literário.

    30 de Outubro de 2018 21h44 , Rita Chaves
  • Sónia Sultuane: “Roda das encarnações é um recomeçar a vida por inteiro”

    Sónia Sultuane: “Roda das encarnações é um recomeçar a vida por inteiro”

    Tanto Chiziane assim como a poetisa Emmy Xyx, pseudónimo de Manuela Xavier, defendem a escrita feminina: “escrevo o que há de mais profundo em mim, o que há no meu eu, na minha essência […]. A minha essência é essa essência feminina, de ser mulher, e eu não posso fugir disso” (Souza e Saes, 2017, p.

    26 de Outubro 2018 08h44, O País




Contactos

Tef: +258 21 313517/8

Email: opais@soico.co.mz
Local: Rua Timor Leste, 108 Baixa
Maputo- Moçambique