Polícia desmantela dois acampamentos de migrantes em Paris

Polícia desmantela dois acampamentos de migrantes em Paris

A polícia francesa desmantelou esta quinta-feira, dois acampamentos no norte de Paris. Segundo as autoridades, mais de 1.600 migrantes foram retirados dos locais, uma operação que deve ser seguida por outras semelhantes na região nas próximas semanas.

Em declarações à imprensa, Didier Lallement, responsável da polícia de Paris reconheceu que se tratou de uma operação com uma extensão sem precedentes até agora em Paris.

Guillaume Desjardins, jornalista da euronews, reporta que “a operação começou de madrugada, aqui em Porte de la Chapelle, por volta das 06 horas da manhã, quando cerca de 600 polícias foram mobilizados para desmantelar o acampamento de migrantes que se tinha instalado ali.

Cerca de 1200 pessoas, principalmente homens, mas também mulheres e crianças, foram levadas de autocarro para ginásios e abrigos. Mas mesmo que a operação tenha começado às 06 horas da manhã, terminou por volta das 8:30 com os carros da polícia a darem lugar aos camiões do lixo. Esta é apenas a primeira de várias operações que a presidente da Câmara Municipal prometeu levar a cabo até ao final do ano para desmantelar os campos da região. Isto vem na sequência do anúncio feito pelo primeiro-ministro Edouard Philipe de 20 medidas sobre a imigração. O Governo quer encontrar um equilíbrio entre "a humanidade e a luta contra a fraude", particularmente no que diz respeito aos cuidados de saúde".

Cerca de 600 polícias participaram do desmantelamento dos acampamentos que abrigavam entre centenas de pessoas no bairro de La Chapelle e sob as pontes do anel viário periférico ao norte de Paris. Todos os migrantes foram levados de autocarro para centros de acolhimentos na região de Paris e, posteriormente, os seus casos serão tratados pessoalmente.

Segundo o ministro do Interior, Christophe Castaner, entre os migrantes estão pessoas que são requerentes de asilo, pessoas que receberam o estatuto de refugiado, mas também outras que tiveram o seu pedido negado e ainda há quem não tenha documentos.

Para este último grupo de pessoas sem documentação, Castaner disse em entrevista à rádio "France Info" que serão accionados os procedimentos para a sua expulsão. Ainda existem outros campos naquela área do nordeste de Paris, especialmente em Porte d'Aubervilliers.

Lallement insistiu que haverá patrulhas diárias da polícia nos locais onde hoje os campos foram desmantelados para que outros não sejam recriados.

A operação de evacuação dos dois campos hoje foi a 59.ª em Paris desde 2015.


 


Contactos

Tef: +258 21 313517/8

Email: opais@soico.co.mz
Local: Rua Timor Leste, 108 Baixa
Maputo- Moçambique