Primeira vítima mortal de COVID-19 no país vivia na periferia de Nampula

A primeira vítima mortal da COVID-19 no país é uma adolescente de 13 anos de idade, que vivia na periferia da cidade de Nampula e já sofria de outras doenças crónicas. A morte foi registada no dia 20, mas a confirmação da causa só foi possível cinco dias depois.

A informação sobre a primeira vítima mortal da COVID-19 em Moçambique vai chegando com mais precisão. Hoje, o Centro Operativo de Emergência reuniu-se com o governo provincial de Nampula, bem como com a representação do Estado para discutir a situação do Coronavírus.

Afinal de contas, a morte da adolescente de 13 anos de idade aconteceu no dia 20 de Maio em curso e a confirmação da infecção por Coronavírus só aconteceu cinco dias depois, porque as amostras de Nampula são enviadas para Maputo via aérea às terças e quintas-feiras de cada semana e não são processadas no mesmo dia no laboratório.

A adolescente em causa padecia de outras doenças crónicas e o Coronavírus foi-lhe diagnosticado no mesmo dia que viria a perder a vida, em casa.

 


Contactos

Tef: +258 21 313517/8

Email: opais@soico.co.mz
Local: Rua Timor Leste, 108 Baixa
Maputo- Moçambique