Primeiro-Ministro quer implementação das ideias discutidas na Conferência do Turismo

Primeiro-Ministro quer implementação das ideias discutidas na Conferência do Turismo

A primeira Conferência do Turismo Baseado na Natureza realizada em Maputo chegou ao fim. Para encerrar o evento que contou com a colaboração de vários países presentes, como Afeganistão, Botswana, Etiópia, Índia, Quénia, Malawi, Nepal, África do Sul, Vietname, Zimbabwe e Zâmbia, esteve no Hotel Polana, esta manhã, o Primeiro-Ministro, Carlos Agostinho do Rosário. O governante espera que desta conferência surjam investimentos. Para o efeito, Rosário sugeriu que todos os envolvidos trabalhem na implementação de ideias discutidas ao longo dos três dias do evento.

Na percepção do Primeiro-Ministro, é importante que os actores da conservação continuem a privilegiar as comunidades locais na concretização de projectos ligados ao turismo baseado na natureza porque, quando envolvidas, podem desempenhar papel importante na preservação do ambiente e combate à caça furtiva.

Ora, o PM afirmou ser imperioso que projectos tenham em consideração o estabelecimento de sinergias, garantindo que o Governo continua a desenvolver acções para melhoria do ambiente de negócio com redução de condicionalismos para obtenção de vistos nas fronteiras, pois, assim, pode-se atrair turistas.

Carlos Agostinho do Rosário encerrou a Conferência Internacional do Turismo Baseado na Natureza agradecendo ao Programa Global de Vida Selvagem e ao Banco Mundial, pelo apoio na realização do evento.


Contactos

Tef: +258 21 313517/8

Email: opais@soico.co.mz
Local: Rua Timor Leste, 108 Baixa
Maputo- Moçambique