Quatro agentes da PRM acusados de homicídio em Inhambane

Quatro agentes da PRM acusados de homicídio em Inhambane

Quatro membros da Polícia da República de Moçambique (PRM) estão detidos, em Inhambane, acusados de matar quatro pessoas.

O crime aconteceu no ano passado, no distrito de Funhalouro, local onde foram encontrados quatro corpos abandonados numa mata.

São acusados de protagonizar o crime o comandante distrital da PRM de Maxixe, o chefe das operações e outros dois chefes de sector.

Por causa das detenções, o comando distrital da Maxixe opera com uma direcção interina.

De acordo com o porta-voz do Comando Geral da PRM, Inácio Dina, o caso já está nas mãos da Procuradoria da República.

 


Contactos

Tef: +258 21 313517/8

Email: opais@soico.co.mz
Local: Rua Timor Leste, 108 Baixa
Maputo- Moçambique