Rampa sobre antigo “Nwakakaka” não termina a tempo

Rampa sobre antigo “Nwakakaka” não termina a tempo

A concretização do sonho de ligar as duas margens da baía de Maputo através de uma ponte está cada vez mais próxima. A obra está a 98 por cento de execução, quando faltam pouco mais de 30 dias para o prazo de conclusão, entretanto, no viaduto norte, a rampa que está sobre o antigo mercado Nwakakana não será concluída a tempo.

De acordo com o engenheiro da Ponte Maputo-Katembe, Basílio Zunga, o atraso na libertação do espaço do antigo mercado, devido ao braço de ferro que durou mais de um ano entre os vendedores e o Conselho Municipal da Cidade de Maputo é o responsável pela situação.

Enquanto isso, do lado do viaduto sul, margem da Katembe, os trabalhos estão mais avançados, com um nível de execução de cerca de 99 por cento. Imagens disponibilizadas pela Maputo-Sul, empresa pública responsável pelas obras mostram o avanço do nível de montagem do asfalto e delimitação das faixas de rodagem da maior ponte de África, com vão suspenso.

Este fim-de-semana, o trânsito estará interrompido na avenida 24 de Julho para permitir a betonagem da rampa que cai no antigo mercado Nwakakana. A infra-estrutura já gastou cerca de 250 mil toneladas de betão e 55 mil toneladas de ferro, o equivalente a cinco estádios como o Nacional do Zimpeto ou cinco obras como o Aeroporto Internacional de Maputo.

 


Contactos

Tef: +258 21 313517/8

Email: opais@soico.co.mz
Local: Rua Timor Leste, 108 Baixa
Maputo- Moçambique