Rei da Swazilândia muda nome do país para eSwatini

Rei da Swazilândia muda nome do país para eSwatini

A Swazilândia vai recuperar o nome original antes do país ser colonizado pelos britânicos e passará a chamar-se eSwatini. O anúncio foi feito pelo rei Mswati III, durante as comemorações do seu 50.º aniversário e também do país, segundo o Expresso.

Segundo Mswati III, muitos países africanos após a independência regressaram "aos seus antigos nomes nativos", como é o caso do Malawi, Zimbabwe e Botswana.

"Não seremos chamados de Swazilândia a partir de hoje", revelou. O reino agora será conhecido pelo nome histórico de eSwatini, nome que o monarca já havia usado esse nome no passado, durante a abertura de sessões do Parlamento e em outros eventos.

A alteração do nome do país também implicará mudanças de nomes de instituições como a "Força Policial Real da Swazilândia", "Força de defesa da Swazilândia" e a Universidade da Swazilândia” e até pode levar a que a constituição tenha de ser reescrita. Não se sabe para qual o custo de todo o processo, segundo a DW.

Quem também parece estar a favor desta troca de nomes são os cidadãos da Suíça, uma vez que em inglês os nomes são parecidos (Switzerland e Swaziland), o que por vezes gerava confusões, o próprio rei Mswati III conta que nos estrangeiro é normal que se refiram ao seu país como "Switzerland".

O agora Reino de eSwatini tem 1.3 milhões de habitantes. Está entre Moçambique e África do Sul. O seu líder foi coroado com apenas dezoito anos e está no poder há mais de trinta.

 


Contactos

Tef: +258 21 313517/8

Email: opais@soico.co.mz
Local: Rua Timor Leste, 108 Baixa
Maputo- Moçambique