Reino Unido compromete-se a investir mais de 83.6 milhões de dólares em Moçambique

Reino Unido compromete-se a investir mais de 83.6 milhões de dólares em Moçambique

O valor a ser investido em Moçambique foi tornado público ontem, por volta das 16 horas de Moçambique, através de um comunicado de imprensa. Na nota, o governo britânico compromete-se a investir em África cerca de 261 milhões de dólares em sete anos.

O compromisso resulta da Cimeira de Investimentos Reino Unido-África que iniciou na segunda-feira e conta com uma delegação moçambicana liderada pelo Presidente da República, Filipe Nyusi e que conta com alguns ministros e o sector privado moçambicano.

De acordo com a Declaração do Governo do Reino Unido desta terça-feira, 2.6 milhões de dólares é a verba que será usada para financiar o empoderamento económico da mulher em Moçambique com o objectivo de expandir o trabalho para outros países da região.

Pretende-se ainda, com a quantia fortalecer as relações entre o Reino Unido, os sectores público e privado e a sociedade civil moçambicana.

Uma outra tranche, calculada em cerca de 28.7 milhões de dólares americanos pelo Reino Unido, será aplicada em Moçambique em um novo programa que visa aumentar o acesso à energia doméstica e comercial através da inovação e do investimento no sector privado.

Nos próximos cinco anos, o Reino Unido pretende reforçar o financiamento ao sector agrícola moçambicano, disponibilizando cerca de 52.3 milhões de dólares. Importa referir que o agronegócio é uma das principais áreas que britânicos pretendem investir em Moçambique.

“O financiamento melhorará a participação do sector privado em áreas selecionadas da agricultura para promover maior resiliência climática, além de estimular o crescimento setcorial e a transformação da economia de Moçambique”, refere o comunicado de imprensa.

Já no continente africano, o Reino Unido compromete-se em expandir o seu apoio financeiro para 45 países, incluindo Moçambique visando melhorar a atractividade dos seus sistemas financeiros para investidores.

Pretende-se ainda com o investimento ajudar a aumentar os fluxos comerciais entre os países da África Austral e reduzir as barreiras comerciais.

“No futuro, o Reino Unido buscará aprofundar esses acordos para torná-los ainda melhores para os negócios, garantindo que eles reflitam as ambições dos parceiros africanos de aumentar o comércio com o Reino Unido em serviços de alto valor, aproveitando a Internet e as novas tecnologias”, indica ainda a nota enviada a jornalistas.

Segundo o documento, a Cimeira acordou novas parcerias duradouras entre o Reino Unido e os países africanos para gerar mais investimentos, empregos e crescimento.

“Mais de mil pessoas participaram da cimeira, incluindo Chefes de Estado e Ministros de Governos africanos, CEOs e representantes séniores de empresas africanas e britânicas, investidores institucionais, organizações internacionais, instituições financeiras e sociedade civil”, lê-se ainda no comunicado.

Na cimeira houve ainda partilha de dados relevantes sobre as empresas africanas, tendo sido feito referência que 8 das 15 economias que mais crescem estão na África e, em 2050, mais de 1 em cada 4 consumidores globais será africano.

A nota de imprensa refere ainda que a CDC Group, Instituição Financeira de Desenvolvimento do Reino Unido, é um investidor líder, com mais de £2,4 biliões (2,6 biliões de dólares) investidos em mais de 600 empresas em África, empregando mais de 370.000 pessoas, tendo anunciado cerca de 392 milhões de dólares em novos compromissos de investimento na Cimeira e planeja investir mais £2 biliões (cerca de 2.6 biliões de dólares) em África até 2022.

O Reino Unido pretende assim construir um relacionamento mais forte e de longo prazo com os países africanos baseado no comércio, investimento, valores compartilhados e interesse mútuo.

“O Reino Unido quer ser o parceiro de investimento preferido para a África e continuará a apoiar os países africanos na sua ambição de transformar suas economias”, lê-se na declaração daquele país.

 

DADOS:
2.6 Milhões de dólares
Financiamento a ser feito pelo Reino Unido para fortificar o empoderamento económico das mulheres

28.7 Milhões de dólares
Investimento a ser realizado em um novo programa que visa aumentar o acesso à energia doméstica e comercial

52.3 Milhões de dólares
É o financiamento à agricultura a ser realizado nos próximos cinco anos que visa melhorar o desempenho do sector

261 Milhões de dólares
Valor a ser investido no continente africano em sete anos com o objectivo de aumentar o fluxo comercial entre os países

 

 


Contactos

Tef: +258 21 313517/8

Email: opais@soico.co.mz
Local: Rua Timor Leste, 108 Baixa
Maputo- Moçambique