Renamo denuncia chantagem política a membros vítimas do “Kenneth” em Cabo Delgado

Renamo denuncia chantagem política a membros vítimas do “Kenneth” em Cabo Delgado

Algumas vítimas do ciclone Kenneth, nos distritos de Ibo e Quissanga, centro de Cabo Delgado, não estão a receber donativos, alegadamente porque pertencerem à Renamo

A denúncia foi feita pelo partido dirigido pelo Ossufo Momade, nesta terça-feira, 10 de Setembro, na cidade de Pemba,  numa conferência de imprensa convocada pelo partido.

“O Governo da Frelimo, ao nível dos distritos de Ibo e Quissanga, usa os  donativos para fins de campanha  eleitoral, o que e condenável e abominável”, criticou Mustagibo Bachir, membro da Comissão Política da Renamo, que avançou à imprensa o que considerou ser prova da denúncia do seu partido.

Segundo a fonte,  “os chefes de postos administrativos, localidades e de aldeias falam publicamente, em campanha eleitoral, que só recebe donativos aquele que é membro  da Frelimo”.

De acordo com as acusações da Renamo, recentemente, nos locais acima referidos, vários membros do partido que foram vítimas do ciclone Kenneth, não receberam arroz de doação.

Entretanto, além de vítimas dos Kenneth, a perdiz denunciou igualmente tortura  psicológica e humilhação pública aos idosos beneficiários do subsídio social, membros do seu partido.

“No acto de pagamento dos subsídios sociais, o chefe da aldeia de Zaulane, no posto administrativo de Murrebue, distrito de Mecúfi, ameaça os idosos cortar os benefícios, caso não renunciem a Renamo”, acusou Mustaagibo Bachir.

No décimo primeiro dia da campanha eleitoral, em Cabo Delgado, os jovens da Frelimo, marcharam por algumas artérias do bairro de Natite, na cidade de Pemba, ate ao famoso mercado do Mbanguia, onde deixaram varias promessas aos vendedores e clientes, e pediram voto para o partido e para o candidato à presidência da República, Filipe Nyusi.

“Aqui no bairro de Natite, foram construídas algumas pontes que resolveram o problema de transitabilidade, e por isso acreditamos no nosso partido e nosso candidato para resolver outros problemas que continuam a afectar os moradores, explicou secretário da Organização da Juventude de Moçambique na cidade de Pemba”, Joel Amba, acompanhado de outros jovens da Frelimo.

Entre as promessas feitas pela juventude para convencer ao eleitorado, constam as vias de acesso, solução para água potável, e emprego para reduzir os elevados níveis de desemprego na província de Cabo Delgado.

O MDM e o seu cabeça-de-lista, José de Jesus Avelino, escolheram o 11º dia da campanha eleitoral para o pedido de voto no distrito de Ancuabe.

No entanto, na cidade de Pemba, outros membros e simpatizantes do partido, estiveram ocupados em preparativos para a recepção do seu presidente, Daviz Simango, que devera chegar a Cabo Delgado, na próxima quinta-feira, 12 de Setembro, onde terá o seu primeiro contacto directo com o eleitorado da província.

 

 


Contactos

Tef: +258 21 313517/8

Email: opais@soico.co.mz
Local: Rua Timor Leste, 108 Baixa
Maputo- Moçambique