SADC ainda busca crescimento económico sustentável e equitativo, 40 anos depois da sua criação

SADC ainda busca crescimento económico sustentável e equitativo, 40 anos depois da sua criação

Moçambique acolhe, virtualmente, no dia 17 de Agosto em curso, a 40ª Cimeira dos Chefes de Estado e de Governo da SADC. Segundo o Presidente da República, Filipe Nyusi, volvidos 40 anos de existência desta organização, “continuamos a envidar esforços” para um “crescimento económico sustentável e equitativo para os Estados membros”.

O alcance desse desiderato deve ser “através do aprofundamento da integração regional e da democracia participativa, um pré-requisito essencial para o desenvolvimento de uma cadeia de valores regionais e para a integração nas cadeias globais”, disse o Chefe de Estado moçambicano.

A 40ª Cimeira dos Chefes de Estado e de Governo vai decorrer sob o lema “SADC: 40 Anos Construindo a Paz e Segurança, Promovendo o Desenvolvimento e Resiliência Face aos Desafios Globais”. No evento, Moçambique vai assumir a presidência rotativa da organização.

Sobre a escolha do lema, um dos objectivos é “recordar o percurso histórico de Moçambique na criação e na consolidação da SADC, na luta contra o colonialismo e regimes minoritários na região, assim como nos esforços regionais e continentais para a gestão e resolução de conflitos, condição sine qua non para a implementação bem-sucedida, da agenda de desenvolvimento económico nacional, regional e continental”, afirmou Nyusi.

“A cimeira vai ocorrer num contexto extraordinário, em que o país e o mundo deparam-se com a pandemia da COVID-19, que impõe a implementação de medidas de restrição, o que nos impele à criatividade, através da capitalização das plataformas digitais, para levar avante os objectivos traçados no quadro da integração política, económica e social da região”, considerou o Chefe de Estado.

Filipe Nyusi disse ainda que o evento vai ocorrer num contexto e circunstâncias em que os países africanos precisam de redobrar os esforços com vista à implementação da Estratégia e Roteiro de Industrialização, o alcance dos Objectivos de Desenvolvimento Sustentável e as metas definidas na Agenda 2063 da União Africana.

“Exorto, a todos os moçambicanos, do Rovuma ao Maputo, do Zumbo ao Índico, a associarem-se, com entusiasmo e sentido de pertença, às actividades alusivas a celebração do 40º Aniversário da Fundação da SADC, promovendo os ideais da Paz, Unidade, Solidariedade e Patriotismo, de forma a consolidarmos as conquistas alcançadas no desenvolvimento do país e da região”, apelou Nyusi, em comunicado enviado ao “O País”.

O Presidente da República aproveitou exortar aos moçambicanos na diáspora para estarem atentos aos desafios impostos pela COVID-19.


Contactos

Tef: +258 21 313517/8

Email: opais@soico.co.mz
Local: Rua Timor Leste, 108 Baixa
Maputo- Moçambique