“Só há justiça através da distribuição equitativa de bens”

“Só há justiça através da distribuição equitativa de bens”

A África tem sido palco de maior conflitos  porque os políticos buscam soluções através do uso da força física e para se alcançar a justiça social, é necessário resolver as divergências sem recorrer à violência.

As ideias foram defendidas, nesta quinta-feira, por Severino Ngoenha, na cidade da Maxixe, durante a palestra da Conferência Internacional, Nelson Mandela, alusiva ao seu centenário, cujo o lema é “Educação e reconciliação”.

“Só teremos justiça, paz e uma cidade sem violência se formos capazes de redistribuir o muito ou pouco de bens que nós temos”, disse Nguenha

O filósofo Nguenha foi mais longe ao criticar o não cumprimento da essência da política, no seu plano de governação e classifica isto, como sendo o  catalisador para as divergências sociais.

Na reflexão de severino Ngoenha, a resolução de conflitos sem o uso da força, é o caminho ideal para o alcance da justiça e da paz.


Contactos

Tef: +258 21 313517/8

Email: opais@soico.co.mz
Local: Rua Timor Leste, 108 Baixa
Maputo- Moçambique