Três milhões e meio de telespectadores acompanharam MYL no estrangeiro

Três milhões e meio de telespectadores acompanharam MYL no estrangeiro

O PCA da FUNDASO subiu ao palco pela última vez na segunda edição 2018 do Mozefo Young Leaders, evento que se realizou no Centro de Conferências Joaquim Chissano, na cidade de Maputo, ontem e hoje.

No derradeiro discurso, Daniel David referiu-se a alguns dados estatísticos. Nisso, o auditório ficou a saber que 185 jovens vieram de outras províncias do país, de carro, machimbombos e avião. Mas os participantes do evento ficaram impressionados quando David informou que, excluindo Moçambique e Angola, dados de ontem, 3 500 000 telespectadores acompanharam o Mozefo Young Leaders pela televisão, sobretudo por via do aplicativo Stv Play. A maior audiência do dia inaugural veio do Brasil, depois, da África do Sul, de Portugal, da China, dos Estados Unidos de América e do Dubai.

Segundo entende o PCA da FUNDASO, o Mozefo Young Leaders está a fazer o seu trabalho, criando espaços e oportunidades para os jovens adquirem mais experiências.

Esta edição do Young Leaders teve 16 sessões plenárias, seis sessões paralelas, seis oradores estrangeiros, o que permite a organização sentir-se orgulhosa, afinal, realçou Daniel David, “nestes dois dias comprovamos que a juventude moçambicana tem força”.

A edição deste ano do Mozefo Young Leaders teve a adesão mais elevada de todos os Mozefo. Parte dos participantes foram entidades proeminentes da sociedade moçambicana, como políticos: “convidamos vários políticos porque são eles que nos ajudam a criar ambientes favoráveis para a concretização das iniciativas dos jovens”. Para dar azo a esse raciocínio, a FUNDASO convidou todos os principais partidos políticos nacionais.

A concretização desta edição do Young Leaders deveu-se a muitos intervenientes que se identificam com a iniciativa. Por isso mesmo, Daniel David agradeceu aos parceiros, patrocinadores, às associações juvenis e aos cerca de 450 colaboradores envolvidos na produção, organização e realização do evento. De igual modo, o PCA da FUNDASO agradeceu aos oradores, que deixaram tudo o que tinham a fazer para vir transmitir conhecimento e partilhar experiências com os jovens moçambicanos.

Antes de terminar, David manifestou ainda o interesse de a sua instituição investir na mulher, por acreditar que elas têm a força que transforma a nação. “Não é uma questão de palavra; não quero separar o homem da mulher, mas, esta é a nossa convicção, se quisermos ter sucesso, temos que apostar mais na mulher e no seu empoderamento”, sugeriu Daniel David entre aplausos apaixonados do auditório.

A próxima edição do Mozefo Young Leaders vai realizar-se em 2020. Até lá, para o ano está marcado o encontro no Grande Fórum Mozefo, antecedido pela MozTech, em Maio. “Nesse evento vamos surpreender com produtos e com envolvimento de pessoas que vão apoiar os jovens”, garantiu Daniel David.

 


Contactos

Tef: +258 21 313517/8

Email: opais@soico.co.mz
Local: Rua Timor Leste, 108 Baixa
Maputo- Moçambique