Tribunal continua à procura da verdade sobre a morte do edil Mahamudo Amurane

Tribunal continua à procura da verdade sobre a morte do edil Mahamudo Amurane

Decorreu hoje na sexta secção do tribunal judicial da província de Nampula a instrução contraditória do caso da morte do anterior edil de Nampula, Mahamudo Amurane. Para além dos dois arguidos figuras com quem Amurane esteve reunido na noite do dia dos factos, o tribunal quis ouvir também o guarda e o motorista.

A instrução contraditória cujo o teor não foi revelado decorreu esta quarta-feira na sexta secção do tribunal judicial. Esta fase vai permitir a juíza do caso no processo doze barra dezanove, sobre a morte do anterior edil Mahamudo Amurane, encontrar factos que a levem a produzir o despacho de pronúncia seguindo-se o Julgamento.

Refira se que a presença do motorista e o guarda foi a pedido dos advogados dos dois réus, um antigo vereador e um empreiteiro que na noite dos factos estavam reunidos com Mahamudo Amurane, alegadamente a tratarem de assuntos da reabilitação e ampliação da sua residência pessoal no bairro de Namutequeliua.

Recorde que Mahamudo Amurane foi alvejado mortalmente por indivíduos até aqui desconhecidos a quatro de Outubro de  dois mil e dezassete.
 
 

 


Contactos

Tef: +258 21 313517/8

Email: opais@soico.co.mz
Local: Rua Timor Leste, 108 Baixa
Maputo- Moçambique