Tribunal volta a adiar decisão do caso Manuel Chang para amanhã

Tribunal volta a adiar decisão do caso Manuel Chang para amanhã

A juíza do Tribunal de Kempton Park Sagra Subrayen acaba de decidir pelo adiamento para amanhã da decisão sobre o futuro do ex-ministro das Finanças Manuel Chang. Após o intervalo concedido pela magistrada, a audição retomou com a defesa e o Ministério Público a baterem-se sobre se Manuel Chang pode ou não pagar caução a justiça sul-africana para aguardar a extradição em liberdade.

O Ministério Público diz que pelos crimes de que é acusado Manuel Chang deve pagar uma caução de escala 5, uma das mais altas existentes na terra do Rand. Mas a defesa recusa o pagamento, justificando que a este caso não se deve aplicar a escala 5, devido a uma revisão legal feita ao dispositivo que determina o que o Ministério Público exige.

Quando se esperava que o Tribunal anunciasse a decisão a juíza perguntou a procuradora e ao advogado de defesa sobre a sua disponibilidade para que a audição continue esta quinta feira e estes não mostraram-se contra.

De resto, ficou claro durante a audição de hoje que Tribunal não vê impedimentos para a extradição de Manuel Chang, referindo que falta apenas que a justiça norte-americana cumpra com as formalidades documentais para que tal aconteça

 


Contactos

Tef: +258 21 313517/8

Email: opais@soico.co.mz
Local: Rua Timor Leste, 108 Baixa
Maputo- Moçambique