Troço Inchope–Caia será reabilitado

Troço Inchope–Caia será reabilitado

Arrancaram esta segunda-feira as obras de reparação de emergência da Estrada Nacional número um (EN1), no troço entre Inchope–Caia, na província de Sofala. A reabilitação vai custar mais de mil milhões de meticais disponibilizados pelo Governo moçambicano e chinês.

No total são 300 quilómetros que vão a reabilitação.

Actualmente o troço em causa é caracterizado  por enormes buracos, o que condiciona a circulação de pessoas e bens.

A reparação consistirá na remoção do asfalto danificado com vista a garantir uma circulação segura e eficaz de pessoas e bens, entre o norte, centro e sul. Com a infraestrutura melhorada vai-se viabilizar o desenvolvimento social do país, segundo o ministro das Obras Públicas, Recursos Hídricos e Habitação, João Machatine.   

O ministro das Obras Públicas disse que o troço em causa chegou a este estado  devido ao conflito armado. Que serão criados cerca de 200 postos de trabalho e a prioridade será para a população local.   

A reparação tem a duração de um ano, dividida em dois troços. Inchope - canda, avaliado em cerca de 480 milhões de meticais, que esta sob responsabilidade de um empreiteiro chines denominado AFECC, e o troço Canda-Caia, sob responsabilidade da Sinohydro, também empreiteiro chines, avaliado em 712 milhões de meticais.

 


Contactos

Tef: +258 21 313517/8

Email: opais@soico.co.mz
Local: Rua Timor Leste, 108 Baixa
Maputo- Moçambique