Vice-presidente da comissão eleitoral da Matola distancia-se dos resultados que dão vitória à Frelimo

Vice-presidente da comissão eleitoral da Matola distancia-se dos resultados que dão vitória à Frelimo

A segunda vice-presidente da comissão de eleições da cidade da Matola e sete vogais, provenientes da Renamo e do MDM distanciam-se dos resultados eleitorais publicados ontem pelo presidente daquele órgão e dizem que os mesmos foram produzidos apenas com a participação dos vogais do partido Frelimo e não reflectem a verdade.

São três os editais do apuramento das eleições autárquicas realizadas na Matola que a segunda vice presidente da comissão de eleições a nível daquela cidade exibiu a jornalistas. Em dois editais a Frelimo leva vantagem com 48,15 e 48, 05 por cento respectivamente enquanto a Renamo tem 47,28 e 47,46 por centos. Na terceira a Renamo vence com 47, 46 e a Frelimo tem 46,85. Torina Francisco diz que os resultados apresentados este sábado são de um apuramento feito apenas por vogais da Frelimo e  não reconhecidos pelos restantes membros da comissão.

Idêntica posição foi manifestada por sete dos vogais dos partidos da oposição que inclusive não assinaram os editais divulgados pelo presidente da comissão.

Torina Francisco diz que a Renamo está a juntar As evidências para interpor recurso aos órgãos competentes.

STAE DIZ QUE RENAMO “APRESENTOU EDITAIS FALSOS”
O Secretariado Técnico de Administração Eleitoral (STAE) da cidade da Matola diz que não reconhece os editais exibidos ontem pela segunda vice-presidente da Comissão de Eleições da cidade da Matola, pelo que os mesmos são falsos, sendo apenas válido o edital divulgado, no sábado último, dando vitória ao partido Frelimo.

A Comissão de Eleições da cidade da Matola declarou a Frelimo como vencedora das eleições do dia 10 de Outubro com 137.875 votos, o correspondente a 48.05%.

 


Contactos

Tef: +258 21 313517/8

Email: opais@soico.co.mz
Local: Rua Timor Leste, 108 Baixa
Maputo- Moçambique