Entrevista com assessor da PGR

A filiação à ordem é uma obrigação ou uma opção para o exercício da medicina no sector público no país?
Nao existindo penalisação para os médicos habilitados que não estejam inscritos na ordem, pode a ordem impedir este indiviuo de exercer à luz do artigo numero dois da Lei que cria a ordem dos médicos?
E para os médicos que vêm no ambito da cooperação com outros países. Devem ou não ser reconhecidos pela ordem?
Tratando-se de uma área sensivel que lida com vidas humanas, não era suposto haver um único critério na certificação e reconhecimento de médicos?


Contactos

Tef: +258 21 313517/8

Email: opais@soico.co.mz
Local: Rua Timor Leste, 108 Baixa
Maputo- Moçambique