Governo e Renamo assinam memorando de desmilitarização

Segundo Filipe Nyusi, a partir de agora, o Governo e a Renamo passam a dispor de um instrumento que vai guiar o processo de desmilitarização daquele partido e nos próximos dias serão anunciados os passos subsequentes “é com imenso prazer que hoje… me dirijo a todo o povo moçambicano e à Comunidade Internacional que os consensos alcançados a 11 de Junho de 2018 na cidade da Beira… culminaram hoje com a assinatura de um Memorando sobre os assuntos militares. O memorando indica de forma clara sobre o roteiro dos assuntos militares, os passos subsequentes e determinantes para o alcance da paz efectiva e duradoira no que tange ao desarmamento, desmobilização e reintegração”, anunciou Filipe Nyusi.

O Chefe de Estado saudou a liderança da Renamo, que actualmente tem à cabeça o Ossufo Momade, coordenador da Comissão Política por não ter dificuldade o decurso das negociações depois da morte do seu líder Afonso Dhlakama no passado dia 3 de Maio do presente ano na Serra da Gorongosa “dentro de dias anunciaremos os passos consequentes que dependiam do memorando hoje concluído”, disse.


Contactos

Tef: +258 21 313517/8

Email: opais@soico.co.mz
Local: Rua Timor Leste, 108 Baixa
Maputo- Moçambique