Painel 5 do segundo grande fórum MOZEFO

O acesso às tecnologias digitais, o uso da internet, as oportunidades que o mundo digital pode oferecer ao desenvolvimento são questões que frequentemente são colocadas actualmente, principalmente com a globalização.

Durante o debate os painelistas tiveram um ponto de convergência – a necessidade de criação de infra-estruturas – para a criação de uma economia digital. O engenheiro Marcelino Nhapala, representante do Instituto Nacional de Comunicações de Moçambique (INCM), defendeu que para que as nações possam caminhar para um mundo digital, economia digital é necessário que a população tenha acesso à internet, às plataformas digitais e de comunicação modernas. O engenheiro fez menção que a humanidade está a caminhar para um estágio em que as transações, negócios vão acontecer em plataformas digitais por isso devemos preparar a população e as instituições estejam adequadas a esta dinâmica.

Marcelino Nhapala diz que o Governo está ciente desta dinâmica e está a desenvolver estratégias e políticas para aproximar as comunidades para ao mundo digital.

“Economia digital só é possível com infraestruturas digitais. Os modelos convencionais de fazer negócio já não existem. Devemos atacar aquilo que é o fosso de acesso a tecnologia digital. Moçambique têm 154 distritos e 10 capitais províncias e a cidade de Maputo. Todos os distritos tem infraestrutura digital, de telefonia móvel que permite fazer transações. Dos 408 postos administrativos que temos 70 por cento em acesso a rede de telefonia móvel”, disse o engenheiro.

Estes números parecem animadores, mas um outro dado revela que em Moçambique num universo de 100 pessoas somente quatro e cinco cidadãos é que tem acesso à internet. O representante do INCM reconheceu este facto e diz que só com o investimento na educação e na redução do fosso do acesso a tecnologias se poderá mudar e colocar Moçambique numa economia digital.


Contactos

Tef: +258 21 313517/8

Email: opais@soico.co.mz
Local: Rua Timor Leste, 108 Baixa
Maputo- Moçambique