PGR divulga relatório sobre dívidas ocultas

Inconsistências, evidência de falhas na gestão e lacunas na emissão de garantias pelo Estado são as principais conclusões do relatório de auditoria às dívidas não declaradas. O documento divulgado hoje pela Procuradoria-geral da República revelou ainda discrepâncias e inoperância das empresas auditadas.  

O relatório de auditoria aponta um grupo empresarial de nome Privinvest como tendo tido um papel-chave nas dívidas à EMATUM, MAM e Pro Indicus.
O grupo Privinvest ajudou a elaborar os projectos das três empresas e apresentou o Credit Suisse como credor. Foi através desta empresa que também se fechou o empréstimo da MAM com o banco russo VTB. O grupo participou ainda no acordo das taxas de juro, no fornecimento de fundos às empresas e no caso da Pro Indicus assumiu a responsabilidade pela geração de receitas.


Contactos

Tef: +258 21 313517/8

Email: opais@soico.co.mz
Local: Rua Timor Leste, 108 Baixa
Maputo- Moçambique