Ponte Maputo-Katembe: Governo já iniciou pagamento do empréstimo contraído junto à Exim Bank da China

Governo já iniciou pagamento do empréstimo contraído junto à Exim Bank da China, para a construção da ponte Maputo-Katembe e suas respectivas estradas de ligação.

É mais um fardo para a mesa de Adriano Maleiane. Desde 2016 a gerir a longa restruturação das chamadas “dívidas ocultas”, o ministro da Economia e Finanças tem nas mãos mais uma dívida por gerir. Trata-se do empréstimo de mais de 6.7 biliões de meticais, contraído junto do Exim Bank da China, para a construção da ponte Maputo-Katembe e estrada Katembe/Bela vista e Ponta de Ouro.

Sabe-se que o primeiro cupão do empréstimo vence em 2019, porém, a empresa Maputo Sul, gestora desta infra-estrutura ainda não tem dinheiro para pagar aos chineses, pelo que o Governo irá adiantar o valor.

Sobre o valor a pagar, Adriano Maleiane declinou avançar com números.
 
Estranhamente, o relatório de execução orçamental referente ao período entre Janeiro e Setembro deste ano, a que o O País teve acesso já aponta para o início do pagamento.
 
“Relativamente a dívida externa, o seu crescimento justifica-se pelo início de pagamento do Capital em dívida a Credores Multilaterais bem como do crédito da Ponte Maputo-Katembe e da linha de crédito de Portugal a Credores Bilaterais”, lê-se no documento.

Refira-se que, no geral, os valores da dívida efectivamente pagos totalizam 17.9 biliões de meticais, equivalentes a um crescimento real de 130,5% em relação a igual período do ano transacto, por influência do crescimento registado na amortização das dívidas interna e externa em 107,3% e 160,5%, respectivamente.
 


Contactos

Tef: +258 21 313517/8

Email: opais@soico.co.mz
Local: Rua Timor Leste, 108 Baixa
Maputo- Moçambique