Ponte Maputo-Katembe: Inaugurado maior vão suspenso de África

O Presidente da República, Filipe Nyusi, inaugurou, este sábado, a maior ponte suspensa de África: a ponte Maputo-Katembe.

A infra-estrutura foi idealizada por Armando Guebuza, antigo Presidente da República. Na sua intervenção, o antigo estadista manifestou a sua satisfação pela conclusão do projecto e defendeu que todos os moçambicanos devem se orgulhar da mesma. “Esta é uma conquista de todos moçambicanos e que deve ser defendida por todos nós. Quando temos uma conquista há quem não gosta e ataca, não nos preocupemos com isso”, atirou Guebuza.

O antigo presidente falou da grandeza do empreendimento, não só para o país, mas para toda África, entretanto reconheceu que ainda há muito por se fazer.

“Sinto que a minha missão foi cumprida com brio, orgulho, prazer e humildade”, regozijou Guebuza.

Questionado sobre como será feito o pagamento da dívida resultante da construção do empreendimento, Adriano Maleiane, ministro da Economia e Finanças respondeu nos seguintes termos:

“A concessionária da obra é a empresa Maputo Sul, ela é que tem que apresentar soluções de rentabilização da infra-estrutura e o Governo depois vai decidir o modelo de pagamento da dívida”, explicou o governante para depois avançar que o papel do Estado é o de garantir com que as tarifas da portagem sejam mais acessíveis aos utilizadores.

Recorde-se que a Maputo Sul já veio a público dizer que as receitas resultantes do pagamento das portagens não serão suficientes para custear as despesas de manutenção do empreendimento que estão orçadas em 1.200 milhões de dólares anuais. 


Contactos

Tef: +258 21 313517/8

Email: opais@soico.co.mz
Local: Rua Timor Leste, 108 Baixa
Maputo- Moçambique